Show simple item record

dc.contributor.advisorFelisbino, Sérgio Luis [UNESP]
dc.contributor.advisorDelella, Flávia Karina [UNESP]
dc.contributor.authorLacorte, Lívia Maria [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:30:57Z
dc.date.available2014-06-11T19:30:57Z
dc.date.issued2012-11-23
dc.identifier.citationLACORTE, Lívia Maria. Exposição crônica ao cádmio e/ou à cafeína: alterações estruturais, ultraestruturais e bioquímicas na próstata do rato. 2012. 152 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Botucatu, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/100598
dc.description.abstractOs efeitos adversos do cádmio, um contaminante ambiental e ocupacional, sobre a próstata do homem e de animais experimentais têm sido bastante investigados, entretanto, a maioria destes trabalhos experimentais in vivo utilizam doses altas. Além disso, a exposição concomitante do cádmio a outros compostos, como por exemplo, a cafeína, um alcalóide presente em várias bebidas e alimentos de consumo mundial, ainda não foram investigados. O período da puberdade pode representar um cenário comum desta co-exposição, pois os indivíduos aumentam a sua exposição ambiental ao cádmio pela fumaça do cigarro, ativamente ou passivamente, associada à ingestão de bebidas energéticas, as quais contêm relativamente alta concentração de cafeína. A fase da puberdade é importante para o desenvolvimento e crescimento prostático, na qual fatores exógenos, que ajam como desreguladores endócrinos, podem favorecer o surgimento de lesões na fase adulta. Sendo assim, o objetivo deste estudo foi analisar os efeitos do cádmio e/ou da cafeína no processo de maturação e crescimento prostático na puberdade e suas consequências para a morfofisiologia da próstata adulta. Para isto, foram empregadas análises citoquímicas, ultra-estruturais ao microscópio eletrônico de transmissão, análises imunoistoquímicas, bioquímicas de zimografia e western bloting. A exposição ao cádmio aumentou o nível do cádmio bioacumulado na próstata, fígado, rim, testículo e epididímo. A cafeína reduziu os níveis do cadmio em todos os órgãos analisados. Ambos os tratamentos provocaram atrofia epitelial no lobo prostático ventral bem como hiperplasia epitelial focal. Não houve alteração estromais da próstata. Nossos resultados...pt
dc.description.abstractThe cadmium is an environmental and occupational contaminant and its adverse effects on men and animals prostate have been widely investigated, however, the most of this experimental use high doses. Besides, the contaminant cadmium exposure to other components, for example, caffeine, an alkaloid present on a wide variety of beverages and food consumed worldwide, have not been investigated yet. The puberty can represent a common scenario of this co-exposure, since the people increase their environmental exposure to cadmium by the cigarette smoke, actively or passively, associated with the ingestion of energetic beverages, which contains relatively high caffeine concentrations. The puberty is important to the prostate development, and exogenous factors, which act as endocrine disrupters, may to induce the appearance of lesions on adulthood. Thus, the objective of this study was to analyze the effects of cadmium and/or caffeine, on the prostate, during puberty and its morphological consequences on adult age prostate. For this, were used cytochemical analysis, ultrastructural analysis, immunohistochemical analysis, biochemical zymography and western blotting. The exposure to cadmium has increased the bioaccumulated cadmium level on the prostate, liver, kidney, testicle and epididymis. Caffeine has reduced the cadmium levels on all analyzed organs. Both treatments resulted on epithelial atrophy on ventral prostate lobe as well as focal epithelial hyperplasia. Stromal alterations on the prostate were not observed. Our results suggest that cadmium exposure during puberty age until adulthood can induce a changed environment, disruptor the glandular homeostasis, leading to disorders. The caffeine increase the androgen plasmatic levels and may be related to the prostatic hyperplasia... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent152 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCadmio - Toxicologiapt
dc.subjectCafeína - Efeito fisiológicopt
dc.subjectPróstatapt
dc.subjectHiperplasiapt
dc.subjectRato como animal de laboratoriopt
dc.subjectCaffeine - Physiological effectpt
dc.titleExposição crônica ao cádmio e/ou à cafeína: alterações estruturais, ultraestruturais e bioquímicas na próstata do ratopt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramBiologia Geral e Aplicada - IBBpt
unesp.knowledgeAreaBiologia geral e aplicadapt
unesp.researchAreaBiologia da reproduçãopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Botucatupt
dc.identifier.aleph000714143
dc.identifier.filelacorte_lm_dr_botib.pdf
dc.identifier.capes33004064080P3
dc.identifier.lattes7263490918934874
unesp.author.lattes7263490918934874
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record