Show simple item record

dc.contributor.advisorFurlan, Renato Luis [UNESP]
dc.contributor.authorNogueira, Wedson Carlos Lima [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:31:00Z
dc.date.available2014-06-11T19:31:00Z
dc.date.issued2013-02-07
dc.identifier.citationNOGUEIRA, Wedson Carlos Lima. Avaliação de diferentes programas de restrição alimentar para matrizes pesadas. 2013. v, 75 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2013.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/100723
dc.description.abstractO fornecimento de CO2 durante as primeiras 240 horas de incubação melhora os resultados de incubação e pós-eclosão, porém o seu uso em diferentes idades de matriz é pouco compreendido. Portanto, foram realizados três experimentos com os seguintes objetivos: O primeiro objetivo foi avaliar o efeito de duas idades de matriz (36 e 55 semanas) e três concentrações de CO2 (controle, 1,0% e 1,4%) durante as primeiras 240 horas de incubação sobre o desenvolvimento embrionário de frangos de corte. O segundo objetivo foi avaliar o desempenho, rendimento de órgãos, morfologia intestinal, rendimento de carcaça e índice cardíaco de frangos de corte oriundos de duas idades de matriz e três concentrações de CO2. Finalmente, o objetivo do terceiro estudo foi avaliar os efeitos da incubação com CO2 (aumento gradual até 1,5%) durante 10 dias (0 - 240 horas de incubação) na vascularização da membrana corioalantóide (CAM), nas variáveis sanguíneos do embrião e pós-eclosão e nos resultados de incubação de frangos de corte. Os resultados mostraram que a exposição ao CO2 promoveu alterações no desenvolvimento embrionário e na qualidade pós-eclosão. A idade de matriz deve ser considerada no processo de incubação com CO2. A idade de matriz e a exposição ao CO2 nas primeiras 240h de incubação exerceramm influencia no desempenho pós-eclosão. A exposição gradual de 1,5% de CO2 nas primeiras 240 horas de incubação aumenta a vascularização da CAM, altera as variáveis sanguíneas, influencia negativamente o desenvolvimento embrionário e o metabolismo pós-eclosão. Em conclusão, a interação idade de matriz e concentração de até 1,4% de CO2, na primeira fase de incubação afeta o metabolismo embrionário, principalmente em matriz com idade de 55 semanas. A exposição a 1,5% CO2 aumenta a vascularização da CAM, mas afeta negativamente o desenvolvimento embrionáriopt
dc.description.abstractSupplementing CO2 during the first 240 hours of incubation has been proposed for improving incubation and post hatch performance, but its use on eggs coming from breeders of different ages needs to be better understood. Therefore, three experiments were carried out with the following objectives: The first objective was to evaluate the effects of two breeder ages (36 and 55 weeks) and three concentrations of CO2 (control, 1,0% and 1,4%) during the first 240 hours of incubation on the embryonic development of broilers. The second objective was to evaluate the performance, organ performance, intestinal morphology, carcass yield, and cardiac index of broilers from two breeder ages and three CO2 concentrations. Finally, the objective of the third experiment was to evaluate the effects of incubation with increasing CO2 concentration up to 1,5% for 240 hours of incubation on the vascularization of the chorioallantoic membrane (CAM) in embryogenic and post-hatch blood parameters, and the results of chickens at post hatch. The results showed that exposure to CO2 promoted changes in embryonic development and post-hatching quality. The old breeder must be considered in the process of incubation with CO2.The breeder ages and exposure to CO2 in the first 240h incubation exert influence in post-hatching performance. The gradual exposure of 1,5% of CO2 in the first incubation phase (240 hours) increased vascularization of the CAM, altered blood parameters, adversely influenced embryonic development and metabolism post-hatching. In conclusion, the interaction of breeder age and CO2 concentration up to 1,4% in the first stage of incubation affects the embryonic metabolism, especially in a old breeder at 55 weeks of age. The exposure to 1,5% CO2 increases vascularization of CAM and negatively affects embryonic developmenten
dc.format.extentv, 75 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectFrango de corte - Embriãopt
dc.subjectDióxido de carbonopt
dc.subjectDesempenhopt
dc.subjectOvos - Incubaçãopt
dc.subjectIdadept
dc.subjectEmbryospt
dc.titleEfeito da idade de matriz e da exposição gradual ao CO2 na primeira fase de incubação sobre o desenvolvimento in ovo e desempenho de frangos de cortept
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramZootecnia - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaBioquímica e fisiologia animalpt
unesp.researchAreaBiologia de desenvolvimento animalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000723098
dc.identifier.filenogueira_wcl_dr_jabo.pdf
dc.identifier.capes33004102002P0
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record