Show simple item record

dc.contributor.advisorPavani, Luiz Carlos [UNESP]
dc.contributor.advisorMorais, Sérgio Antônio Lemos de [UNESP]
dc.contributor.authorQueiroz, Carla Regina Amorim dos Anjos [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:31:01Z
dc.date.available2014-06-11T19:31:01Z
dc.date.issued2012-08-29
dc.identifier.citationQUEIROZ, Carla Regina Amorim dos Anjos. Cultivo e composição química de Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Mill.) sob déficit hídrico intermitente no solo. 2012. xx, 144 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/100813
dc.description.abstractPlantas de Ora-pro-nóbis (OPN) foram submetidas, a partir de -5 kPa, à variação intermitente do potencial mátrico no substrato (PM) para até -10, -30, -50 ou -70 kPa (tratamentos). Com base no PM medido com tensiômetro de cápsula porosa e na curva de retenção de água do substrato foram aplicados os volumes de água por tratamento, em cada irrigação. Aos 140 dias após o transplantio a redução do PM provocou nas plantas estresse por déficit hídrico no solo em função da redução significativa do acúmulo de massa seca, mas o estresse foi de baixo a moderado uma vez que não ocorreu redução na área foliar e nem abscisão de folhas. Houve mudança na alocação de massa entre as partes, com maior redução em raízes, seguida de caules e folhas, além de redução na eficiência fotossintética, em função do decréscimo na área foliar específica e na razão de área foliar. Com menor PM a eficiência no uso da água foi maior, indicando bom potencial produtivo mesmo nessa condição; além de maior quantidade de células epidérmicas adaxiais, cujo tamanho foi reduzido. Os teores de macronutrientes em folhas seguiram a ordem Ca>N>K>Mg>P>S. Na planta toda, o teor de fósforo foi menor que os teores de N, K, Ca e Mg e maior que o S. Nas folhas de OPN a redução no PM de -10 kPa até -70 kPa, provocou redução no valor energético, extrato seco, fibra bruta e lipídeos, e aumento no teor de proteínas e carboidratos. Nos caules, resposta similar foi observada para o valor energético, extrato seco, proteínas e cinzas. Entretanto, para carboidratos e lipídeos, observou-se, respectivamente, redução e aumento dos teores em função da queda do PM. Os teores de lipídeos, cinzas e proteínas são maiores em folhaspt
dc.description.abstractOra-pro-nóbis plants (OPN) were submitted from -5 kPa to -10, -30, -50 or -70 kPa (treatments) of intermittent variation of the matric potential (PM) in the substrate. According to the measured PM with porous cup tensiometer and the water retention curve of substrate, were applied at each irrigation time the volume of water required for each treatment. Up to 140 days after transplanting the PM decrease caused stress on plants by soil water deficit as evidenced by significant reduction in dry mass accumulation, but the stress was low to moderate since there was no significant reduction in leaf area and nor abscission of leaves. There was change in allocation mass between its parts, greater reduction in roots followed by stems and leaves, and photosynthetic efficiency reduction, due to decrease in specific leaf area and leaf area ratio. Under lower PM, the water use efficiency was greater, indicating good productive potential even in this condition, besides a greater number of adaxial epidermal cells, whose size were reduced. In leaves, macronutrient contents followed the order Ca>N>K>Mg>P>S. In whole plant, the phosphorus content was lower than the levels of N, K, Ca and Mg and higher than S. In OPN leaves, PM decrease from -10 kPa to -70 kPa caused a reduction in the energy value, dry extract, crude fiber and lipids, and increased protein and carbohydrates. In stems, similar response was observed for energy value, dry matter, protein and ash. However, for carbohydrates and lipids was observed, respectively, decreased and increased levels due to PM decrease. The stem/leaf reasons revealed that lipids, ash and protein levels are higher in leavesen
dc.format.extentxx, 144 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectCrescimento (Plantas)pt
dc.subjectIrrigaçãopt
dc.subjectHortaliçaspt
dc.subjectSolos - Potencial matricialpt
dc.subjectGrowth (Plants)pt
dc.titleCultivo e composição química de Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Mill.) sob déficit hídrico intermitente no solopt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia (Ciência do Solo) - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaCiência do solopt
unesp.researchAreaEngenharia de água e solopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000715147
dc.identifier.filequeiroz_craa_dr_jabo.pdf
dc.identifier.capes33004102071P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record