Show simple item record

dc.contributor.advisorOmote, Sadao [UNESP]
dc.contributor.authorFabron, Eliana Maria Gradim [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:31:45Z
dc.date.available2014-06-11T19:31:45Z
dc.date.issued2005-02-25
dc.identifier.citationFABRON, Eliana Maria Gradim. A voz como recurso didático: reconhecimento e julgamento de suas qualidades. 2005. 151 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2005.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/102244
dc.description.abstractA voz do professor, como um recurso didático, vem sendo objeto de estudo por diversos pesquisadores, principalmente na área da Fonoaudiologia. Os trabalhos encontrados na literatura apresentaram enfoques inicialmente orgânicos, buscando a patologia da voz dos professores; passaram por uma visão preventiva com a preocupação de oferecer aos professores ações de promoção de saúde vocal; mais recentemente, pôde-se encontrar trabalhos voltados para o papel da voz como mediador da interação entre professores e alunos, e para a expressividade da voz nesse processo. Na área da Educação, o uso da voz pelo professor é destacado nas entrelinhas, com afirmações de que a voz do professor não pode ser monótona, deve ter boa intensidade e melodia. O presente trabalho foi desenvolvido por meio de dois estudos: o estudo 1 teve como objetivo verificar o reconhecimento que professores e alunos tinham do uso da voz como um recurso didático pelo professor e o estudo 2, verificar a agradabilidade e a qualidade didática da voz utilizada como um recurso didático, pelo suposto professor e, a possível relação entre eles. O estudo um teve como participantes 48 professores e 114 alunos do Ensino Médio de escolas públicas e privadas da cidade de Marília-SP. Para a coleta de dados foram utilizados três procedimentos diferentes: questionário, checklist de recursos didáticos e entrevistas com os professores. A análise dos dados permitiu constatar que professores e alunos reconheciam a voz como um recurso didático. Entretanto, na comparação dos dados, a voz foi significativamente mais lembrada pelos professores. Além dos cuidados com a saúde vocal, os professores apontaram diversas formas de utilização da voz como recurso didático. A aplicação de mais de um material para buscar o mesmo objeto de pesquisa foi de grande importância e proporcionou maior confiabilidade aos dados... .pt
dc.description.abstractThe teacher's voice, as a didactic resource, has been object of study by several researchers, mainly in the field of Speech Pathology. The researches found in literature have presented initially organic focuses, looking for the pathology of the teachers' voice; they have gone through a preventive vision, with the concern of offering to the teachers actions that promote vocal health; recently, we could find studies turned to the role of the voice as mediator of the interaction between teachers and students, and for the expressiveness of the voice in this process. In the field of Education, the use of the voice by the teacher is described with statements that the teacher's voice cannot be monotonous, it must have good intensity and melody. The present work has been developed by two studies: study 1 had as objective to verify the acknowledgment that the teachers and students had of the use of the voice as a didactic resource by the teacher and study 2, to verify the agreeability and the didactic quality of the voice utilized as a didactic resource by the would-be teacher and the possible relationship between them. Study 1 has had as participants 48 teachers and 114 students of the Secondary Education of public and private schools of the city of Marília-SP. Three different procedures were used to collect the data: questionnaire, checklist of didactic resources and interviews with the teachers. The analysis of the data has allowed observing that teachers and students acknowledged the voice as a didactic resource. However, in the comparison of the data, the voice has been significantly remembered among the teachers. Besides the care with vocal health, the teachers have pointed several ways of using the voice as didactic resource. The application of more than one material to look for the same object of research has been of great importance and has provided greater reliability to... (Complete abstract, click electronic address below).en
dc.format.extent151 f. : il., tab. estat. + anexo
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectVoz - Educaçãopt
dc.subjectComunicação oralpt
dc.subjectProfessores - Métodos de ensinopt
dc.subjectAudiometria da falapt
dc.subjectFala - Inteligibilidadept
dc.subjectFonética e voz - Educaçãopt
dc.subjectVoiceen
dc.subjectTeacheren
dc.subjectDidactic resourceen
dc.titleA voz como recurso didático: reconhecimento e julgamento de suas qualidadespt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação - FFCpt
unesp.knowledgeAreaEnsino na educação brasileirapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
dc.identifier.aleph000294411
dc.identifier.filefabron_emg_dr_mar.pdf
dc.identifier.capes33004110040P5
dc.identifier.lattes7647316253011798
unesp.author.lattes7647316253011798
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record