Show simple item record

dc.contributor.advisorFowler, Harold Gordon [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Raquel Maria de [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:32:20Z
dc.date.available2014-06-11T19:32:20Z
dc.date.issued2003
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Raquel Maria de. Relação entre distribuição de espécies arbóreas em matas úmidas e os fatores ambientais da costa atlântica brasileira. 2003. xx, 150 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2003.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/102949
dc.description.abstractO presente trabalho estuda a distribuição geográfica das espécies arbóreas que ocorrem nas Matas Ombrófilas da Costa Atlântica Brasileira, a partir da avaliação da interferência dos fatores ambientais. As espécies arbóreas foram compiladas a partir de levantamentos florísticos e fitossociológicos utilizando-se as bases cartográficas do Projeto RADAMBRASIL. Os dados climáticos foram obtidos a partir dos Projetos RADAMBRASIL e INMET. Foi realizado o mapeamento e a análise da distribuição das espécies arbóreas, dos fatores climáticos, geomorfológicos e da vegetação utilizando-se Sistema de Informação Geográfica (software SPRING 3.6 e IDRISI 32). A partir da sobreposição dos mapas temáticos, foram feitas análises de regressão linear simples e múltipla visando testar o índice de correlação dos dados cruzados em SIG (índice V CRAMERþS). Também foram realizadas análises fatoriais de correspondência. As análises estatísticas dos dados de distribuição geográfica das espécies cruzadas com os dados das variáveis ambientais apresentaram alta correlação, destacando-se insolação (hs) e médias anuais de temperatura (0C). A repartição das espécies arbóreas mostrou alta heterogeneidade ao longo dos Estados que compõem a Costa Atlântica Brasileira, onde, do total de 1837 espécies, 1078 ocorrem em apenas um Estado; 440 em apenas dois; 173 em apenas três Estados; 88 em apenas quatro; 33 em apenas cinco Estados; 17 em apenas seis Estados e 8 espécies estão presentes em sete Estados, sendo que, nenhuma das espécies é comum a todos os Estados. Os resultados obtidos indicam características de alta heterogeneidade e complexidade da composição florística das Matas Úmidas, ressaltando-se que, localmente, a diversidade da flora é muito expressiva e ainda existe uma grande lacuna nas informações a respeito dos fatores condicionantes destas características.pt
dc.description.abstractThe present work studies the distribution of arboraceous species which occur over the Wet Forest of Brazilian Atlantic East-Coast, from evaluating the interference of environmental factors. The arboraceous species data were obtained from floristic and fitosociological surveys using cartographical basis of RADAMBRASIL Project. For obtaining climatic data, it was used RADAMBRASIL and CEPETC/INMET Projects. By using geographical information system (GIS - SPRING 3.6 and IDRISI 32 software), it was mapped and analyzed arboraceous species, climatic, geomorphologic and vegetation factors distribution. Simple linear and multiple regression analyze were carried out aiming to test the correlation index of overlaid map data (index V CRAMERþS), from thematic maps overlapped on GIS. Corresponding factorial analyze also were carried through. The statistical analyses of species geographical distribution overlaid with environmental variables map data, presented high correlation, detaching the data referring to insolation (hs) and annual temperature averages (mm). Arboraceous species distribution showed high heterogeneity along the Brazilian States, which compose Brazilian Atlantic East-Coast, where, from a total 1837 species, 1078 occur at only one State; 440 at two States; 173 at three States; 88 species at only four States; 33 at five States; 17 at only six States and 8 species are found at 7 States, being that, none species are common to all States. The obtained results indicated characteristics of high heterogeneity and complexity of the Wet Forest floristic composition, standing out itself that flora diversity, locally, is very expressive and there is a large gap over the information despite to the conditioning factors of these characteristicsen
dc.format.extentxx, 150 f. : il., gráfs., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectEcologia vegetalpt
dc.subjectSistemas de informação geograficapt
dc.subjectMatas Ombrófilaspt
dc.subjectArboraceous speciesen
dc.titleRelação entre distribuição de espécies arbóreas em matas úmidas e os fatores ambientais da costa atlântica brasileirapt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeociências e Meio Ambiente - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaGeociências e meio ambientept
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000190590
dc.identifier.fileoliveira_rm_dr_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137036P9
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record