Show simple item record

dc.contributor.advisorLima, Valéria Marçal Felix de [UNESP]
dc.contributor.authorDossi, Ana Cláudia Silva [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:32:54Z
dc.date.available2014-06-11T19:32:54Z
dc.date.issued2006-07-07
dc.identifier.citationDOSSI, Ana Cláudia Silva. Níveis de IgG anti-Leishmania e perfil de citocinas em cães machos e fêmeas assintomáticos naturalmente infectados por Leishmania (L.) Chagasi. 2006. iv, 63 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2006.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/103905
dc.description.abstractO cão é o principal reservatório da Leishmania (Leishmania) chagasi, o parasita responsável pela Leishmaniose Visceral (LV) nas Américas. Na (LV) estudos em modelos experimentais, têm mostrado diferenças na resposta imunológica entre macho e fêmea. Na (L VC) tais estudos, não foram realizados. Este trabalho investigou em cães assintomáticos machos e fêmeas, naturalmente infectados por Leishmania (L.) chagasi, os níveis séricos de IgG contra antígenos totais de Leishmania, o nível de IL-10 e IFN-y, no sobrenadante do extrato do baço e fígado, e a citocina regulatória TGF-j3 no sobrenadante do extrato do baço e fígado, e sua produção natural no sobrenadante de cultura de células esplênicas. Os níveis de anticorpos anti-L. (L.) chagasi da classe IgG nos cães assintomáticos machos e fêmeas, não apresentaram diferença significativa entre o sexo. O nível de IL-10 mostrou-se elevado, no sobrenadante do extrato do fígado em cães infectados machos e fêmeas assintomáticos e apresentou dominância marcante em relação às outras citocinas. O nível do TGF-j3 mostrou-se aumentado no extrato do baço. O nível de IFN-y no baço dos grupos avaliados foi quantitativamente menor que as citocinas IL-10 e TGF-B. diferindo do observado no fígado onde foi observado uma baixa produção de TGF-j3 em relação ao IFN-y. No baço, o IFN-y apresentou diferença significativa em fêmeas assintomáticas quando comparadas com os machos assintomáticos. A observação da predominância das citocinas TGF-j3 no baço, e IL-10 no baço e fígado, em modelo ex vivo, sugere uma polarização da resposta imunológica para o padrão Th2 em cães naturalmente infectados por Leishmania (L.) chagasi.pt
dc.description.abstractThe dog is the main reservoir of Leíshmanía (Leíshmanía) chagasí, the parasite responsible for Visceral Leishmaniasis (VL) in the Americas. Experimental studies on VL have shown differences in the immune response of males and females. Such studies have not been carried out on canine visceral leishmaniasis. This study investigated the seric levei of IgG against Leíshmanía total antigens, the levels of IL-10 and IFN-y in the supernatant of spleen and liver extracts, the regulatory cytokine TGF-131 in the supernatant of spleen and liver extracts, and its natural production in the supernatant of spleen cell culture, in male and female asymptomatic dogs naturally infected by Leíshmanía (L.) chagasi. The levels of anti-L. (L.) chagasí IgG antibodies in male and female asymptomatic dogs did not differ significantly between the sexes. IL-10 levei was high in the supernatant of the liver extract of male and female asymptomatic infected dogs and predominated over the other cytokines. TGF-131 levei was increased in the spleen extract. The levei of IFN-y in the spleen of the group evaluated was quantitatively lower than the IL-10 and TGF-131 cytokine levels, different from what was observed in the liver, where a low productíon of TGF-131 was observed when compared to IFN-y. In the spleen, IFN-y presented a significant difference in the asymptomatic females when compared to the asymptomatic males. The observation of a predominance of TGF-131 cytokines in the spleen and of IL-10 in the spleen and liver of an ex vívo model suggests a polarization of the immune response towards the Th2 pattern in dogs naturally infected by Leíshmanía (L.) chagasí.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extentiv, 63 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCãopt
dc.subjectCitocinaspt
dc.subjectCão assintomáticopt
dc.subjectCão - Leishmaniose visceralpt
dc.subjectAsymptomatic dogen
dc.subjectDog - Visceral Leishmaniasisen
dc.titleNíveis de IgG anti-Leishmania e perfil de citocinas em cães machos e fêmeas assintomáticos naturalmente infectados por Leishmania (L.) Chagasipt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramMicrobiologia Agropecuária - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaMicrobiologia agropecuáriapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000474955
dc.identifier.filedossi_acs_me_jabo.pdf
dc.identifier.capes33004102070P6
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record