Show simple item record

dc.contributor.advisorRoça, Roberto de Oliveira [UNESP]
dc.contributor.authorCarvalho, Sandra Regina Souza Teixeira de [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:32:58Z
dc.date.available2014-06-11T19:32:58Z
dc.date.issued2006-02-13
dc.identifier.citationCARVALHO, Sandra Regina Souza Teixeira de. Avaliação da estimulação elétrica nos parâmetros qualitativos de carcaças bovinas. 2006. 92 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, 2006.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/104105
dc.description.abstractForam utilizados 20 bovinos sãos, castrados, da raça Nelore, sendo divididos em cinco abates realizados em épocas diferentes. As colheitas foram divididas em 2 fases, de 10 animais cada, e para cada avaliação foram utilizados 5 animais estimulados (EE) e 5 não estimulados eletricamente (NE). O tempo de maturação foi de 28 dias. Foram avaliados força de cisalhamento, índice de fragmentação miofibrilar e avaliação sensorial no músculo Longissimus dorsi. Quando avaliada a força de cisalhamento, as carcaças estimuladas eletricamente apresentaram carne mais macia que as não estimuladas, com diferenças significativas entre os tratamentos nos períodos de 2 e 7 dias de maturação. As carcaças EE não apresentaram aumento do índice de fragmentação miofibrilar (IFM) em relação ao tempo de maturação, porém nas carcaças NE houve aumento do IFM avaliado aos 21 dias de maturação. Na avaliação sensorial, a estimulação elétrica melhorou os atributos de maciez e mastigabilidade.pt
dc.description.abstractTwenty healthy castrated bovines (Bos taurus indicus) were used and divided into 5 slaughters, which were done at different time. The study was divided into two phases with ten animals each, and for each evaluation 5 electrically stimulated animals and 5 non-stimulated animals were used. The ageing time was 28 days. It has been evaluated shear force, myofibril fragmentation index and sensorial evaluation in the Longissimus dorsi muscle. When the shear force was evaluated, the electrically stimulated carcasses showed a meat more tender than the non-stimulated ones, with real differences among treatments in the periods of 2 and 7 days of ageing. The electrically stimulated carcasses did not show an increase in the myofibril fragmentation index toward the ageing time. Nevertheless, in the non-stimulated carcasses there was an increase in the myofibril fragmentation index evaluated after 21 days of ageing. In the sensorial evaluation, the electric stimulation improved the attributes of tenderness and mastication.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.format.extent92 f. : gráfs., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCarne bovinapt
dc.subjectCarne - Qualidadept
dc.subjectNelore (Zebu)pt
dc.subjectBovino - Carcaçapt
dc.subjectMicrobiologiapt
dc.subjectMeaten
dc.subjectTendernessen
dc.subjectShear forceen
dc.subjectSensorial evaluationen
dc.titleAvaliação da estimulação elétrica nos parâmetros qualitativos de carcaças bovinaspt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramZootecnia - FMVZpt
unesp.knowledgeAreaNutrição e produção animalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatupt
dc.identifier.aleph000483293
dc.identifier.filecarvalho_srst_dr_botfmvz.pdf
dc.identifier.capes33004064048P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record