Show simple item record

dc.contributor.advisorLombardo, Magda Adelaide [UNESP]
dc.contributor.advisorPitton, Sandra Elisa Contri [UNESP]
dc.contributor.authorNatalino, Renata Romera [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:33:19Z
dc.date.available2014-06-11T19:33:19Z
dc.date.issued2011-11-09
dc.identifier.citationNATALINO, Renata Romera. Clima e saúde: contribuição ao estudo das condições atmosféricas e relação com as doenças respiratórias: subsídio às políticas públicas locais. 2011. 172 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/104362
dc.description.abstractEsta pesquisa, realizada no campo da Geografia Médica, tem como objetivo estabelecer interface entre o clima e a saúde. Nessa ótica, buscou-se analisar a variabilidade dos elementos climáticos nas ocorrências de casos de internação por pneumonia, relacionando-os com os fatores de risco dos grupos dos pacientes e riscos socioeconômicos da população em estudo. Tomou-se a cidade de Rio Claro como exemplo de caso, para estimar a associação existente entre os totais diários de internação por pneumonia, obtidos pelo Sistema de Informação Hospitalar (AIH/SUS), e os dados meteorológicos (temperatura, precipitação e umidade), obtidos junto a Estação Metereológica do Centro de Análise e Planejamento Ambiental (CEAPLA) e pelo Laboratório de Análise Metereológica e Climatologia Aplicada da UNESP-campus de Rio Claro-SP no período compreendido entre janeiro de 2000 e dezembro de 2009. Foi evidenciado que o número de ocorrência de internação por pneumonia sofreu acréscimo durante os meses de outono e inverno, época em que foram registradas baixas temperaturas e período de estiagem. Com relação à distribuição espacial, verificou-se que as áreas de concentração de domicílios dos pacientes se localizaram na zona central, onde há uma grande concentração de pessoas e a frota de veículos é mais numerosa, gerando mais poluentes na atmosfera, e nos bairros periféricos, onde as moradias têm menor qualidade de acabamento e a população se torna mais vulnerável. Pelas evidências, foi possível concluir que as condições climáticas têm influência sobre a morbidade respiratóriapt
dc.description.abstractThis research made in Medical Geography field aims to establish an interface between climate and health. In this viewpoint, the climatic factor variability had been analyzed on the hospital stay for pneumonia, correlating with the risk factors of risk patient groups and the population`s socioeconomic study. The city of Rio Claro, Sao Paulo State, Brazil, had been taken as the geographical study place to estimate the linking between daily totals of hospital stay for pneumonia, got by the Hospital Information System (AIH/SUS), and the meteorological data – temperature, precipitation, moisture – which had been gotten from the Climatology Laboratory of Geography Department, Unesp (Sao Paulo University) – Rio Claro campus and Climatological Station to the Center of Analysis and Environmental Planning (CEAPLA), during the period between January 2000 and December 2009. The number of hospitalization for pneumonia had been increased during autumn and winter months due to the low temperature and dry periods which had been recorded. Related to special distribution, it had been shown that the patient housing area concentration had been located in the central area as well peripheral ones such as Mae Preta and Chervezon. In the central areas there as been a large concentration of people and a high number of vehicles which results in more pollutants in the atmosphere. Therefore, in the peripheral region houses have been presenting low housing finishing, becoming such population more vulnerable to this health problem. However, it is possible to conclude that the climate has influence on respiratory morbidityen
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent172 f. : il., gráfs., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectClimatologiapt
dc.subjectGeografia medica - Rio Claro (SP)pt
dc.subjectAr - Poluiçãopt
dc.subjectPneumonia - Rio Claro (SP)pt
dc.subjectClimatologyen
dc.subjectMedical geography - Rio Claro (SP)en
dc.subjectAir - Pollutionen
dc.titleClima e saúde: contribuição ao estudo das condições atmosféricas e relação com as doenças respiratórias: subsídio às políticas públicas locaispt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeografia - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaOrganização do espaçopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000695556
dc.identifier.filenatalino_rr_dr_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137004P0
dc.identifier.lattes6188864471881525
dc.identifier.lattes9146218849629052
unesp.author.lattes6188864471881525
unesp.author.lattes9146218849629052
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record