Show simple item record

dc.contributor.advisorSacramento, Luis Vitor Silva do [UNESP]
dc.contributor.advisorMarques, Marcos José [UNESP]
dc.contributor.authorPereira, Ivan de Oliveira [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:33:29Z
dc.date.available2014-06-11T19:33:29Z
dc.date.issued2012-12-20
dc.identifier.citationPEREIRA, Ivan de Oliveira. Determinação da atividade leishmanicida, antiproteolítica e antioxidante de Arrabidaea brachypoda. 2012. 99 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/104773
dc.description.abstractInfecções causadas por tripanosomatídeos do gênero Leishmania representam um dos maiores problemas de saúde pública mundial, com alta endemicidade, sobretudo em países em desenvolvimento. As substâncias de escolha para o tratamento destas parasitoses, de modo geral, causam notória toxicidade renal e cardíaca, além de induzirem resistência no parasito e muitas vezes apresentarem eficácia insuficiente. As plantas são utilizadas no tratamento e cura de enfermidades desde a antiguidade, quando o homem começou a utilizar a natureza em seu favor. Estas plantas, pela sua riqueza química e farmacológica, têm sido estudadas no intuito de comprovar atividades atribuídas pela crença popular e obtenção de novos compostos ativos. Neste contexto, destaca-se a família Bignoniaceae, típica do Cerrado brasileiro, que compreende mais de cem gêneros, entre eles o gênero Arrabidaea, que é rico em uma considerável diversidade de compostos, porém muito pouco estudado até o momento, especialmente quando se fala da espécie A. brachypoda. Este trabalho visou estudar o extrato das folhas de A. brachypoda e determinar suas atividades leishmanicida, antiproteolítica e antioxidante. Após obtido, por percolação, o extrato hidro-etanólico das folhas de A. brachypoda, este foi fracionado por partição líquido-líquido em hexânico, acetato-etílico, butanólico e aquoso, e analisados por UFLC-MS para determinação das massas moleculares dos principais constituintes de cada fração, em seguida, o extrato bruto e frações foram avaliados quanto a sua atividade leishmanicida in vitro, sua citotoxicidade, e também quanto ao seu potencial inibitório perante proteases obtidas de promastigotas e amastigotas (pool), assim como proteases purificadas (oligopeptidases B e C, Catepsina-L e Cruzaína) e recombinantes...pt
dc.description.abstractInfections caused by trypanosomatids of the genus Leishmania represent one of the largest global public health problems, with high endemicity, especially in developing countries. The drugs of choice for the treatment of these parasitic infections generally cause notorious heart and kidney toxicity, and induce resistance in parasite and often have insufficient effectiveness. The plants are used in the treatment and cure of illnesses since antiquity, when the man has begum to use nature in his favor. These plants by their chemical and pharmacological wealth, have been studied in order to prove the activities assigned by the popular belief and obtaining new active compounds. In this context, highlight the family Bignoniaceae, typical of the Brazilian Cerrado, which comprises more than a hundred genera, among them the Arrabidaea genus, which is rich in a considerable diversity of compounds, however very little studied so far, especially when talking of the specie A. brachypoda. This work aimed to study the extract from leaves of A. brachypoda and evaluate its leishmanicidal, antiproteolitic and antioxidant activities. After obtained by maceration, the hidro-etanolic extract from leaves of A. brachypoda, this was fractioned by liquid-liquid partition in hexanic, ethyl-acetate, butanolic and watery, and analyzed by HPLC-MS for molecular weights determination of the main constituents from each fraction, then the crude extract and fractions were evaluated on their leishmanicidal activity in vitro, their cytotoxicity, and also regarding its potential as protease inhibitor obtained from amastigotes and promastigotes (pool), as well as purified proteases (oligopeptidases B and C, Cathepsin-L and Cruzain) and recombinants proteases (rCPB2.8, rCPB3.0 and rH84Y), additionally evaluated the antioxidant activity of... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.format.extent99 f. : il., grafs., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectEnzimas proteoliticaspt
dc.subjectLeishmaniapt
dc.subjectLeishmaniosept
dc.subjectTripanosomatideospt
dc.subjectAntioxidantespt
dc.subjectPlantas medicinaispt
dc.subjectPlantas dos cerradospt
dc.subjectEspectrometria de massapt
dc.subjectAnalise cromatograficapt
dc.titleDeterminação da atividade leishmanicida, antiproteolítica e antioxidante de Arrabidaea brachypodapt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Farmacêuticas - FCFARpt
unesp.knowledgeAreaPesquisa e desenvolvimento de farmácos e medicamentospt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000706682
dc.identifier.filepereira_io_dr_arafcf.pdf
dc.identifier.capes33004030078P6
dc.identifier.lattes1493338692663672
unesp.author.lattes1493338692663672
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record