Show simple item record

dc.contributor.advisorCassiolato, Ana Maria Rodrigues [UNESP]
dc.contributor.authorSantos, Talles Eduardo Borges dos [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:35:16Z
dc.date.available2014-06-11T19:35:16Z
dc.date.issued2009-02-19
dc.identifier.citationSANTOS, Talles Eduardo Borges dos. Comunidade microbiana do solo e produtividade do feijoeiro, com e sem inoculação com rizóbio, associado a fontes e épocas de aplicação de nitrogênio. 2009. 97 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, 2009.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/106183
dc.description.abstractA cultura do feijão apresenta freqüentes respostas à adubação nitrogenada e à inoculação, porém com diferentes magnitudes, possivelmente reflexo da reação dos microrganismos do solo à interferência antrópica. Neste sentido, o objetivo do trabalho foi verificar, por meio de variáveis microbiológicas, fertilidade e produtividade do feijoeiro sob semeadura direta, o efeito da inoculação com Rhizobium tropici e da aplicação de diferentes fontes de nitrogênio e épocas de aplicação. Os experimentos foram desenvolvido na Fazenda Experimental da UNESP, Campus de Ilha Solteira, localizada em Selvíria-MS, sendo este, realizados nos anos de 2006 e 2007. O delineamento experimental foi de blocos casualizados e analisados em esquema fatorial 2x3x2, com 4 repetições em 2006 e 3 repetições em 2007, sendo constituídos de dois tratamentos de inoculação de sementes (INOC – com inoculação e NINOC- sem inoculação), três épocas de aplicação de N (15A - 15 dias antes da semeadura, SEM - na semeadura e 15D - 15 dias após semeadura) e duas fontes de nitrogênio (uréia - 45% de N e ENTEC® 26 - produto comercial com 26 % de N de liberação lenta) na dose de 90 kg ha-1. Os tratamentos com inoculação, juntamente com a aplicação de nitrogênio de diferentes fontes em diferentes épocas, provocaram alterações significativas na comunidade microbiana, sendo que a inoculação de sementes quando aliada à uréia na semeadura ou o emprego do ENTEC®26 aos 15 dias após a semeadura, proporcionaram os melhores resultados do ponto de vista microbiológico. A produtividade, porém, não foi influenciada pela inoculação ou pela aplicação de 90 kg de N por ha-1 utilizando uréia ou ENTEC®26, aplicados 15 dias antes, na semeadura ou 15 dias após a semeadura.pt
dc.description.abstractThe common bean shows many results to the nitrogen fertilization and to the inoculation, however with different magnitudes, possibly a reflex of the soil microorganisms’ reaction as a consequence of antropic interference. The objective of this work was to verify, through microbiological variables, fertility and the common bean productivity, under no-tillage system, with the inoculation of the Rhizobium tropici and the distinct nitrogen sources and different period applications. The experiments were developed at experimental station of UNESP - São Paulo State University, Ilha Solteira Campus, located in Selvíria- MS, and carried through in the years of 2006 and 2007. A randomized blocks design was the treatment were under a 2x3x2 factorial scheme, with 4 repetitions in 2006 and 3 repetitions in 2007, regarding the two treatments with seeds inoculation (INOC – with inoculation and NINOC- without inoculation), three times of N application (15A - 15 days before sowing, SOW - at the sowing and 15D - 15 days after sowing) and two nitrogen sources (urea - 45% of N and ENTEC® 26 - commercial product with 26% and inhibitor of nitrification) in the doses of 90 kg ha-1. The treatments with inoculation, plus the different sources of N and periods of application, significantly modified the microbian community, being that the seeds inoculation, when applied with the urea in the sowing, or with the ENTEC®26 applied 15 days after the sowing, provided better resulted of the microbiological point of view. The productivity, however, was not influenced by the inoculation, neither by the application of 90 kg of N for ha-1 using urea or ENTEC®26, applied 15 days before, in the sowing or 15 days after the sowing.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent97 f. : il. (fots. algumas color.)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectFeijão - Adubaçãopt
dc.subjectNitrogenio - Fixaçãopt
dc.subjectSolos - Teor de carbonopt
dc.subjectPhaseolus vulgaris Len
dc.subjectNitrogen fertilizationen
dc.subjectDiazotrofic bacteriaen
dc.titleComunidade microbiana do solo e produtividade do feijoeiro, com e sem inoculação com rizóbio, associado a fontes e épocas de aplicação de nitrogêniopt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia - FEISpt
unesp.knowledgeAreaSistemas de produçãopt
unesp.researchAreaManejo e conservação do solo e da águapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Engenharia, Ilha Solteirapt
dc.identifier.aleph000598723
dc.identifier.filesantos_teb_dr_ilha.pdf
dc.identifier.capes33004099079P1
dc.identifier.lattes7348513258586777
unesp.author.lattes7348513258586777
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record