Show simple item record

dc.contributor.authorFukuda, Maryse Tomoko Matsuzawa [UNESP]
dc.contributor.authorCapellini, Simone Aparecida [UNESP]
dc.date.accessioned2014-05-20T13:31:43Z
dc.date.available2014-05-20T13:31:43Z
dc.date.issued2011-04-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462010005000074
dc.identifier.citationRevista CEFAC. CEFAC Saúde e Educação, v. 13, n. 2, p. 227-235, 2011.
dc.identifier.issn1516-1846
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/10803
dc.description.abstractOBJETIVO: verificar a eficácia do programa de treinamento fonológico e correspondência grafema-fonema em crianças de risco para dislexia da 1ª série. MÉTODOS: participaram deste estudo 30 crianças de 1ª série de ensino público, de ambos os gêneros, na faixa etária de 6 a 7 anos de idade. Neste estudo foi realizada a adaptação brasileira da pesquisa sobre treinamento de habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema composta de pré-testagem, intervenção e pós-testagem. em situação de pré e pós-testagem, todas as crianças foram submetidas à aplicação do teste para identificação precoce dos problemas de leitura e aquelas que apresentaram desempenho inferior a 51% das provas do teste foram divididas em Grupo I (GI): composto por 15 crianças submetidas ao programa de treinamento; e em Grupo II (GII): composto por 15 crianças não submetidas ao programa de treinamento. RESULTADOS: os resultados desse estudo revelaram diferenças estatisticamente significantes, evidenciando que das 15 crianças submetidas ao programa, apenas uma não respondeu à intervenção proposta, sendo submetida, portanto, à avaliação interdisciplinar e confirmado o diagnóstico de dislexia. CONCLUSÃO: a realização do programa de treinamento das habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema foi eficaz para a identificação das crianças com sinais de dislexia, comprovado pela melhora das habilidades fonológicas e leitura em situação de pós-testagem em relação à pré-testagem, evidenciando que quando é fornecida a instrução formal do princípio alfabético associado ao principio de conversão letra-som da Língua Portuguesa, as crianças que não apresentam dislexia deixam de apresentar suas manifestações com resposta à instrução formal do princípio alfabético.pt
dc.description.abstractPURPOSE: to check the efficacy of the phonological training and grapheme-phoneme correspondence program in first-grade children under dyslexia risk. METHODS: thirty municipal public study students of both genders from 1st grade took part, ranging from 6 to 7 year old. In this study we used the Brazilian adaptation of the research on phonological abilities training and grapheme-phoneme correspondence composed of pre-testing, training, and post-testing. In the pre and post-testing situation, all children were submitted to the test for early identification of reading problems and those who presented less than 51% of the tasks of the test were divided into Group I (GI): consisted of 15 children who were submitted to the training program; and Group II (GII): consisted of 15 children who were not submitted to the training program. RESULTS: the results of this study demonstrated statistically significant differences, indicating that from 15 children who were submitted to the program, just 1 child did not answer the proposed intervention, being submitted to interdisciplinary evaluation and confirmed the dyslexia diagnosis. CONCLUSION: the phonological ability training and grapheme-phoneme correspondence program were effective for identifying children with dyslexia symptoms, proven by the improvement of the phonological abilities and of reading in the post-testing situation compared to pre-testing, indicating that when the formal instruction concerning the alphabetical principle of the Portuguese language is provided, children who do not show dyslexia stop demonstrating such manifestations as an answer to the formal instruction of the alphabetical principle.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extent227-235
dc.language.isopor
dc.publisherCEFAC Saúde e Educação
dc.relation.ispartofRevista CEFAC
dc.sourceSciELO
dc.subjectDislexiapt
dc.subjectAvaliaçãopt
dc.subjectIntervenção Precocept
dc.subjectLeiturapt
dc.subjectCriançapt
dc.subjectDyslexiaen
dc.subjectEvaluationen
dc.subjectEarly Interventionen
dc.subjectReadingen
dc.subjectChilden
dc.titleTreinamento de habilidades fonológicas e correspondência grafema-fonema em crianças de risco para dislexiapt
dc.title.alternativePhonological skills and grapheme-phoneme training correspondence in children under dyslexia risken
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Departamento de Fonoaudiologia Faculdade de Filosofia e Ciências
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Departamento de Fonoaudiologia Faculdade de Filosofia e Ciências
dc.identifier.doi10.1590/S1516-18462010005000074
dc.identifier.scieloS1516-18462011000200005
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
dc.identifier.fileS1516-18462011000200005.pdf
dc.identifier.lattes9057316530389548
unesp.author.lattes9057316530389548
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record