Show simple item record

dc.contributor.advisorMazzeo, Antonio Carlos [UNESP]
dc.contributor.authorDel’Omo Filho, Rafael [UNESP]
dc.date.accessioned2014-11-10T11:09:44Z
dc.date.available2014-11-10T11:09:44Z
dc.date.issued2014
dc.identifier.citationDEL’OMO FILHO, Rafael. As primeiras interpretações marxistas da realidade brasileira. 2014. 150 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/110434
dc.description.abstractThis thesis aims to present the first three Marxist interpretations about the Brazilian reality and their interconnection, their commonalities and differences. We start from some initial considerations of the author of this dissertation comprehension about the Brazilian development until the period of the works studied and the situation in the international division of Marxism and its influence on such works. Interpretations analyzed refer to Octavio Brandão, author of Agrarianism and Industrialism - Marxist-Leninist Essay on the revolt of St. Paul and the War of Classes in Brazil, in which there is a first attempt to understand Brazil using some concepts of materialist historical methodology; those produced by the Communist League (Internationalist Communist League later) , Brazilian section of the International Left Opposition lead by Leon Trotsky , and finally the consecrated work of Caio Prado Junior , responsible for the major interpretation of Brazilian past colonial. We stick with particular emphasis on the last two because of its proximity in analyzing and greater analytical rigor used and its programmatic differences. As expected from the historical materialism, their analysis is not limited to pure abstract understanding, but they serve to substantiate their practical action, element in the three interpretations addressed here. In the final conclusions , weave brief comparisons between those works in character synthesis of the foregoing throughout the dissertation as well as the author's own views on this topic.en
dc.description.abstractEssa dissertação pretende apresentar as primeiras interpretações marxistas acerca da realidade brasileira e sua interconexão, seus elementos comuns e divergentes. Partimos de algumas considerações iniciais sobre como o autor dessa dissertação compreende em linhas gerais o desenvolvimento brasileiro até o período das obras estudadas e da situação de divisão no marxismo internacional e sua influência sobre tais obras. As interpretações analisadas referem-se às de Octávio Brandão, autor de Agrarismo e Industrialismo – Ensaio marxista-leninista sobre a revolta de São Paulo e a guerra de Classes no Brasil, na qual há uma primeira tentativa de compreender o Brasil utilizando-se de alguns conceitos da metodologia materialista-histórica; as produzidas pela Liga Comunista (posteriormente Liga Comunista Internacionalista), seção brasileira da Oposição de Esquerda Internacional liderada por Leon Trotsky; e por fim a obra consagrada de Caio Prado Júnior, responsável por uma das principais leituras do passado colonial brasileiro. Ateremos-nos com especial ênfase às duas últimas pela sua proximidade na análise e no maior rigor analítico empregado e pelas suas disparidades programáticas. Como se espera do materialismo histórico, suas análises não se limitam à pura compreensão abstrata, mas servem para fundamentar sua ação prática, elemento presente nas três interpretações aqui tratadas. Nas conclusões finais, teceremos breves comparações entre as obras em caráter de síntese do exposto ao longo da dissertação bem como as considerações próprias do autor sobre o tema em questão.pt
dc.format.extent150 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectPrado Júnior, Caio, 1907-1990pt
dc.subjectPartido Comunista Brasileiropt
dc.subjectComunismopt
dc.subjectHistoriografia marxista - Brasilpt
dc.subjectCommunismpt
dc.titleAs primeiras interpretações marxistas da realidade brasileirapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências sociaispt
unesp.researchAreaDeterminações do mundo do trabalho: Sociabilidade, Política e Culturapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
dc.identifier.aleph000794304
dc.identifier.file000794304.pdf
dc.identifier.capes33004110042P8
dc.identifier.lattes0057328168545927
unesp.author.lattes0057328168545927
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record