Show simple item record

dc.contributor.advisorVicentini, Irene Bastos Franceschini [UNESP]
dc.contributor.advisorCosta, Fernanda Antunes Alves da [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Rafaela Nunes da [UNESP]
dc.date.accessioned2015-03-03T11:52:57Z
dc.date.available2015-03-03T11:52:57Z
dc.date.issued2014-02-28
dc.identifier.citationSILVA, Rafaela Nunes da. Dinâmica da vitelogênese durante a maturação ovariana em Artemesia longinaris. 2014. ii, 70 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Centro de Aquicultura de Jaboticabal, 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/116047
dc.description.abstractSabe-se que em camarões peneídeos, a vitelogenina é sintetizada no ovário e hepatopâncreas, mas a contribuição relativa desses dois tecidos na síntese de vitelogenina ainda é incerta. Este processo pode diferir ainda de acordo com a espécie e estágio vitelogênico ou muda. Assim o presente estudo analisou a localização da produção de vitelogenina através de técnicas imunohistoquímicas, bem como, a quantificação do seu mRNA através do Real Time PCR em fêmeas de Artemesia longinaris em diferentes estágios de maturação ovariana (rudimentar - RU, em maturação - EM e maduro - MA). A espécie de camarão estudada apresenta altíssimo valor econômico. Assim, o estudo dos mecanismos da reprodução podem gerar dados para futuros projetos de produção em escala comercial, contribuindo com a preservação dos estoques naturais. A partir de análises moleculares confirmou-se a síntese de vitelogenina no ovário e hepatopâncreas de fêmeas de A. longinaris durante a maturação ovariana. Os níveis de expressão relativa de transcritos de vitelogenina no ovário e no hepatopâncreas durante a maturação ovariana demonstram que a dinâmica da síntese de vitelogenina é inversamente proporcional. A imunohistoquímica localizou a síntese endógena de vitelogenina nas células foliculares, nos oócitos pré-vitelogênicos e oócitos em vitelogênese inicial. E a síntese exógena de vitelogenina foi localizada nas células R dos túbulos hepatopancreáticos. Ainda, visto a grande contribuição do hepatopâncreas ao ciclo reprodutivo e às demais funções fisiológicas do animal, analisou-se o perfil celular do túbulo hepatopancreático nos estágios de maturação ovariana. Este órgão apresenta comportamento celular que se adapta ao ciclo reprodutivo em fêmeas, ou seja, o ciclo celular do hepatopâncreas além de obedecer a um ciclo digestivo é adaptado ao ciclo reprodutivopt
dc.description.abstractIt is known that in penaeid shrimp the vitellogenin is synthesized into the ovary and hepatopancreas, but the relative contribution of these two tissues in the synthesis of vitellogenin remains uncertain. This process differs according to the species and vitellogenesis stage or molt. Thus the present study examined the location of vitellogenin production by immunohistochemical techniques, as well as the quantification of its mRNA by Real Time PCR in female Artemesia longinaris at different stages of ovarian maturation (immature - RU, maturing EM and mature - MA). The shrimp species investigated presented a very high economic value. The study of the mechanisms of reproduction can generate data for future projects of commercial scale production contributing with the preservation of wild stocks. The molecular analyzes have confirmed the vitellogenin synthesis in the ovary and hepatopancreas of A. longinaris females during ovarian maturation. the relative expression level of vitellogenin transcripts in the ovary and the hepatopancreas during ovarian maturation show that the dynamics of vitellogenin synthesis is inversely proportional. By immunohistochemistry, it was located the endogenous synthesis of vitellogenin in follicular cells, in pre-vitellogenic oocytes and oocytes in early vitellogenesis. And the synthesis exogenous of vitellogenin was localized in cells R of hepatopancreaticos tubules. Also, given the great contribution of hepatopancreas reproductive cycle and other physiological functions of the animal, we analyzed the cellular profile of the hepatopancreatic tubule at stages of ovarian maturation. This organ has a cellular behavior that adapts to the reproductive cycle in females, in other words, the cellular cycle of hepatopancreas beyond to follow a digestive cycle is adapted to the reproductive cycleen
dc.format.extentii, 70 p. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCrustaceopt
dc.subjectCamarãopt
dc.subjectCamarão - Reproduçãopt
dc.subjectOvariospt
dc.subjectImuno-histoquímicapt
dc.subjectOvariespt
dc.titleDinâmica da vitelogênese durante a maturação ovariana em Artemesia longinarispt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAquicultura - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaAquiculturapt
unesp.researchAreaMorfologiapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000805066
dc.identifier.file000805066_20150708.pdf
dc.identifier.capes33004102049P7
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record