Show simple item record

dc.contributor.advisorRothberg, Danilo [UNESP]
dc.contributor.authorMoreli, Mayra Gianoni [UNESP]
dc.date.accessioned2015-03-23T15:23:45Z
dc.date.available2015-03-23T15:23:45Z
dc.date.issued2012
dc.identifier.citationMORELI, Mayra Gianoni. Relações públicas e a mediação do diálogo intercultural na comunicação organizacional. 2012. . Trabalho de conclusão de curso (bacharelado em Comunicação Social – Relações Públicas) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/120084
dc.description.abstractThe large flow of businesses going abroad generates an ever more diverse internal multicultural organizational scenario. Different national cultures inside an organization can directly influence the management of people. Human values, languages, customs, work modes/routines and different habits can create conflicts among parties. This study deals with the role of Public Relations as a tool/strategy to deal with conflicting intercultural communication inside business organizations. The analysis is grounded on theoretical principles concerning the roles of communication professionals as the individuals responsible for the relationship between an institution and the internal public. The study introduces intercultural communication as a growing area to be explored by the Public Relations professional and highlights the possibility of emerging innovative solutions for organizational problems. It also brings reports by professionals that have intercultural experience concerning Brazil and Germany in an attempt to illustrate conflicts that might have been prevented by actions taken by a specialist in Communication in order to promote mutual understandingen
dc.description.abstractO grande fluxo de empresas para países estrangeiros gera cada vez mais um cenário organizacional interno multicultural. As culturas nacionais divergentes dentro de uma organização influenciam diretamente a gestão de pessoas. Os valores humanos, línguas, costumes, modos de trabalho e hábitos diferentes podem gerar conflitos entre as partes. O estudo explana sobre o papel do relações públicas como gestor das comunicações interculturais conflituosas dentro das organizações. A reflexão é sustentada por bases teóricas sobre as funções do profissional da área como responsável pelo relacionamento da empresa com seu público interno. O trabalho apresenta a comunicação intercultural como um setor crescente a ser explorado pelo profissional em relações públicas, enfatizando a possibilidade de surgimento de soluções inovadoras aos problemas organizacionais. Apresentam-se ainda relatos de profissionais que possuem experiência intercultural entre Brasil e Alemanha, com vistas a exemplificar situações conflituosas que poderiam ser evitadas com ações de compreensão mútua por um comunicólogopt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCultura popularpt
dc.subjectRelações publicaspt
dc.subjectEducação multiculturalpt
dc.subjectPopular culturept
dc.titleRelações públicas e a mediação do diálogo intercultural na comunicação organizacionalpt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Baurupt
dc.identifier.aleph000726373
dc.identifier.file000726373.pdf
dc.identifier.lattes1764187818137062
unesp.undergraduateComunicação Social - FAACpt
unesp.author.lattes1764187818137062
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record