Show simple item record

dc.contributor.advisorAmaral, Cláudio Silveira [UNESP]
dc.contributor.authorVeríssimo, Cíntia Helena [UNESP]
dc.date.accessioned2015-03-23T15:29:39Z
dc.date.available2015-03-23T15:29:39Z
dc.date.issued2009
dc.identifier.citationVERÍSSIMO, Cíntia Helena. Arquitetura da imersão: por uma arquitetura de verdade. 2009. . Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2009.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/121703
dc.description.abstractNo início do trabalho, quando comecei a desenvolver a idéia de estudar a sonoridade musical e misturá-la com a Arquitetura, eu pensava mais em utilizar as características fluidas do som, essa facilidade que ele tem de se movimentar livremente no ar e, por isso, se dispersar por entre as pessoas muito facilmente, chegando até elas a todo o momento, sem que nenhum empecilho físico o impeça de atingi-las. Então, sabendo da alta sensibilidade que os humanos têm ao som, devido à sua própria natureza estrutural vibratória, eu partiria para uma análise mais particular de como a Música poderia influenciar as pessoas em seu dia-a-dia, de como as pessoas reagem a certos sons. E então utilizar isso dentro da Arquitetura, seja na sua composição, seja na interação e vivência usuário-espaço. Porém, com o andamento dos estudos e com o desenvolvimento do projeto, ocorreu que não poderia deixar certos aspectos de lado, como por exemplo, estudar técnicas que usamos para compor ambas as Artes, como as estruturações utilizadas, elementos rítmicos, harmônicos, proporcionais, estudar o próprio som e a matéria, fundamentais na Música e na Arquitetura, assim como a questão da temporalidade e da espacialidade. Ainda assim, não via o trabalho como completo. Por isso optei por acrescentar mais uma parte a ele, complementar a todo o desenvolvimento já elaborado e às questões já estudadas, porém de fundamental importância para a conclusão do projeto. Será o capítulo intitulado Musicalidade Aplicada, o qual ainda é subdividido em Música & Arquitetura, onde apresento alguns projetos exemplares, nos quais os autores de alguma forma se utilizaram de música na composição e/ou execução de suas obras; e Música & Urbanidade, onde finalmente apresento a sonoridade musical como um meio de mudança da perspectiva humana, mudança de posicionamento e olhar do homem para o próprio homem e do meu olhar para a arquiteturapt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectSompt
dc.subjectMúsicapt
dc.subjectArquiteturapt
dc.subjectUrbanização - músicapt
dc.subjectUrbanizationen
dc.titleArquitetura da imersão: por uma arquitetura de verdadept
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Baurupt
dc.identifier.aleph000634989
dc.identifier.fileverissimo_ch_tcc_bauru.pdf
dc.identifier.lattes2321257794011628
unesp.undergraduateArquitetura e Urbanismo - FAACpt
unesp.author.lattes2321257794011628
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record