Show simple item record

dc.contributor.advisorSouza, Ricardo Luiz Nunes de [UNESP]
dc.contributor.advisorMiguel, Tarciso Tadeu [UNESP]
dc.contributor.authorVilar, Lígia Scarpa [UNESP]
dc.date.accessioned2015-03-23T15:29:41Z
dc.date.available2015-03-23T15:29:41Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.citationVILAR, Lígia Scarpa. Efeitos ansiogênicos do óxido nítrico no córtex pre-frontal medial de camundongos. 2011. 46 f. Trabalho de conclusão de curso (farmácia-Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/121734
dc.description.abstractMedo e a ansiedade são emoções que têm origem nas reações de defesa que os animais exibem diante de ameaças que podem comprometer sua integridade física ou a própria sobrevivência, tais como confrontos com o predador ou com animais da mesma espécie. Em se tratando da espécie humana, estas respostas defensivas eliciadas representariam a ocorrência de transtornos de ansiedade e, a busca por sua compreensão, resultou no desenvolvimento de modelos animais de ansiedade, dentre os quais se destaca o labirinto em cruz elevado (LCE) que é baseado na aversão natural de roedores a espaços abertos. Com relação aos substratos neurais envolvidos nestas manifestações, cabe destacar a matéria cinzenta periaquedutal bem como estruturas prosencefálicas, como o córtex pré-frontal (CPFm), uma estrutura límbica que tem sido frequentemente descrita como relevante na neurobiologia da ansiedade. O óxido nítrico (NO) tem sido investigado em diferentes estruturas cerebrais de roedores nas quais foram evidenciadas respostas pró-aversivas. Sendo o CPFm uma estrutura que contém neurônios nitrérgicos, este estudo teve o objetivo de investigar o efeito da facilitação nitrérgica através da injeção intra-CPFm de um doador de NO, o NOC-9 [6-(Hidroxi-1-metil-2-nitrosohidrazino)-N-metil-1-hexanamina], sobre o comportamento de camundongos expostos ao labirinto em cruz elevado (LCE). Métodos e Resultados: Camundongos Suíços machos (25-35g, n = 53) receberam implante de cânula guia no CPFm. Cinco dias após, os animais receberam microinjeção de veículo ou NOC-9 nas doses de (1,875 nmol; 18,75 nmol; 37,5 nmol ou 75nmol) e, após cinco minutos, foram expostos... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)pt
dc.format.extent46 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectAnsiedadept
dc.subjectOxido nitricopt
dc.subjectLabirinto em cruz elevadopt
dc.titleEfeitos ansiogênicos do óxido nítrico no córtex pre-frontal medial de camundongospt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000678135
dc.identifier.filevilar_ls_tcc_arafcf.pdf
dc.identifier.lattes2475842684688693
unesp.undergraduateFarmácia-Bioquímica - FCFARpt
unesp.author.lattes2475842684688693
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record