Show simple item record

dc.contributor.authorMendes, Claudinei Magno Magre [UNESP]
dc.date.accessioned2015-08-21T17:53:12Z
dc.date.available2015-08-21T17:53:12Z
dc.date.issued2012
dc.identifierhttp://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/ImagensEduc/article/view/17292
dc.identifier.citationImagens da Educação, v. 2, n. 2, p. 1-13, 2012.
dc.identifier.issn2179-8427
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/126804
dc.description.abstractIn this article we draw attention to the fact that the documentation relating to the decision to colonize Brazil, as well as the early stages of colonization, comprising two interpretations about the reasons to occupy, populate and organize the production on American soil. The Brazilian historiography joined the explanation of that pressure from European nations led to the Portuguese crown decided on an occupation more effectively. But without ignoring this reason, the documentation allows to take into account their own historical circumstances created by the development of trade. These are essential conditions for the emergence and effectiveness of the proposal to colonize Brazil. Thus, when considering only the pressure of European nations the Brazilian historiography remained on the surface of events. It’s necessary to take into account the documentation on what it allows to grasp the colonial process as a historical phenomenon and not just as an act of will.en
dc.description.abstractNeste artigo, procuramos chamar a atenção para o fato de a documentação relativa à decisão de se colonizar o Brasil, bem como a das primeiras fases da colonização, comportarem duas interpretações quanto aos motivos de se ocupar, povoar e organizar a produção em terras americanas. A historiografia brasileira aderiu à explicação de que a pressão das nações europeias levou a Coroa portuguesa a decidir por uma ocupação mais efetiva. No entanto, sem desconsiderar este motivo, nós nos apoiamos na documentação para mostrar que é possível levar em conta as próprias circunstâncias históricas criadas pelo desenvolvimento do comércio. Tais condições foram imprescindíveis para o surgimento e efetivação da proposta de se colonizar o Brasil. Assim, ao considerar apenas a pressão das nações européias, a historiografia brasileira permaneceu na superfície dos fatos, sem levar em conta na documentação que é possível apreender o processo colonial como um fenômeno histórico e não apenas como ato de vontade.pt
dc.format.extent1-13
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofImagens da Educação
dc.sourceCurrículo Lattes
dc.subjectColonizationen
dc.subjectBrazilian historiographyen
dc.subjectDocumentsen
dc.subjectEducation historyen
dc.subjectHistória e Políticapt
dc.subjectHistoriografiapt
dc.subjectDebates políticospt
dc.subjectIntelectuaispt
dc.subjectEscritos coloniaispt
dc.subjectHistória do Brasil colonialpt
dc.titleA questão da colonização no Brasil: historiografia e documentospt
dc.title.alternativeThe issue of colonization: historiography and documentsen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de História, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Assis, Avenida Dom Antonio, 2100, Tenis Clube, CEP 19800000, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de História, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Assis, Avenida Dom Antonio, 2100, Tenis Clube, CEP 19800000, SP, Brasil
dc.identifier.doi10.4025/imagenseduc.v2i2.17292
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Assispt
dc.identifier.fileISSN2179-8427-2012-02-02-01-13.pdf
dc.identifier.lattes3032720343513196
unesp.departmentHistóriapt
unesp.author.lattes3032720343513196
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record