Show simple item record

dc.contributor.advisorGregolin, Maria do Rosário de Fátima Valencise [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Mauricio Júnior Rodrigues da [UNESP]
dc.date.accessioned2015-09-17T15:26:08Z
dc.date.available2015-09-17T15:26:08Z
dc.date.issued2015-04-28
dc.identifier.citationSILVA, Mauricio Júnior Rodrigues da. Habemus doctorem?: considerações sobre processos de subjetivação no campo acadêmico contemporâneo. 2015. 192 p. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras (Campus de Araraquara), 2015.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/127866
dc.description.abstractTo occupy a subject-position within a contemporary academic field, you may not just be on it, you need to follow a series of discursive and non discursive practices. Among them, having a procedure of writing, becoming a researcher, registering each of its productions, have titles, among others. These and other practices legitimize the subject in truth games that pervade this field. Against these games, we must question some of those processes by which the individual must pass to occupy a position within the academic field that enables him to enunciate truths with property. In the persuit of specifying these practices, we tried to undertake an analysis of discourse in Foucault guided arque-genealogy. Our arque-genealogy is within a field of knowledge called Discourse Analysis, developed in France in the years 60/70 through the studies of Michel Foucault and Michel Pêcheux and thought in Brazil in contemporaneity from the historical perspective of Maria do Rosário Gregolin (2002, 2004, 2006b). This theoretical tools allows us to undertake a critique of this theory, in order to check how the academic field is constructed from a relationship of forces. To discuss the subjective processes that occurs in the academic field, we took up two main axes of analysis: a first guided in the procedures of writing, from the analysis of certain manuals that establishes academic standards of writing, circulation and legitimization of texts; a second axis derived from the curriculum register, which examined the Plataforma Lattes as an important device for the subjectivity of the academic building. The analysis of these two themes enabled us to understand how the practices in this field are guided by the shared titles. They act as important instruments of power through which individuals produce their subjectivities. Bans, segregation from these shares are described in the research, especially from the separation between the Homo accademicus and Homo...en
dc.description.abstractPara ocupar uma posição de sujeito dentro do campo acadêmico contemporâneo não basta estar presente no mesmo, é preciso cumprir uma série de práticas discursivas e não discursivas. Dentre elas, adotar um procedimento de escrita, tornar-se pesquisador, registrar cada uma de suas produções, possuir títulos, dentre outras. Essas e outras práticas legitimam o sujeito nos jogos de verdade que perpassam esse campo. Diante desses jogos, cumpre ao presente trabalho questionar alguns desses processos pelos quais o indivíduo deve passar para ocupar uma posição dentro do campo acadêmico que lhe permita enunciar com propriedade determinadas verdades. Na busca pela especificidade dessas práticas, procurou-se empreender uma prática de análise de discursos pautada na arquegenealogia foucaultiana. Essa perspectiva arquegenealógica está posta dentro de um campo do saber chamado de Análise do Discurso, desenvolvida na França nos anos 60/70 por meio dos estudos de Michel Pêcheux e Michel Foucault e pensada no Brasil hodierno a partir das perspectivas históricas de Maria do Rosário Gregolin (2002, 2004, 2006b). Esse instrumental teórico permite empreender uma teoria crítica do presente, de modo a verificar como o campo acadêmico está constituído a partir de uma relação de forças. Para problematizar esses processos de subjetivação que ocorrem no campo acadêmico, tomou-se dois eixos principais de análise: um primeiro pautado nos procedimentos de escrita, proveniente da análise de certos manuais/editais acadêmicos que estabelecem padrões de escrita, de circulação e legitimação dos textos; um segundo eixo derivado do assento curricular, no qual se analisou a Plataforma Lattes como um importante dispositivo para construção da subjetividade dos acadêmicos. A análise desses dois eixos temáticos permitiu ao trabalho analisar como as práticas nesse campo se norteiam dentre outros fatores pelas partilhas de títulos. Elas...pt
dc.format.extent192 p. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectFoucault, Michel, 1926-1984pt
dc.subjectAnálise do discursopt
dc.subjectUniversidades e faculdadespt
dc.subjectDiscourse analysisen
dc.titleHabemus doctorem?: considerações sobre processos de subjetivação no campo acadêmico contemporâneopt
dc.title.alternativeHabemus doctorem?: notes about the processes of subjectivity in contemporary academic fielden
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLinguística e Língua Portuguesa - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaDiscurso, história, memória: gêneros digitais e identidadespt
unesp.researchAreaEstrutura, organização e funcionamentos discursivos e textuaispt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000846539
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/cathedra/02-09-2015/000846539.pdf
dc.identifier.capes33004030009P4
dc.identifier.lattes0432607332289452
unesp.author.lattes0432607332289452
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record