Show simple item record

dc.contributor.advisorPerecin, Dilermando [UNESP]
dc.contributor.advisorAzania, Carlos Alberto Mathias [UNESP]
dc.contributor.authorSchiavetto, Ana Regina [UNESP]
dc.date.accessioned2015-10-06T13:03:30Z
dc.date.available2015-10-06T13:03:30Z
dc.date.issued2015-06-10
dc.identifier.citationSCHIAVETTO, Ana Regina. Caracterização molecular, citogenética e sensibilidade a herbicidas em três populações de Rottboellia cochinchinensis em cana-de-açúcar no estado de São Paulo. 2015. vi, 87 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2015.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/128136
dc.description.abstractThe Brazilian high sugarcane production comes from adequate management techniques, which when non-properly used may cause significant yield losses. The weed control is one of these crop practices; such technique consists of eliminating unwelcome plants from farming areas. Among weed species, itchgrass (Rottboellia cochinchinensis) can be highlighted as one of the plants difficult to be controlled. This fact may be associated to a reduced number of selective herbicides registered for sugarcane crop, weed genetic variability, seed dormancy and plant vigor. By means of the difficult chemical control faced by farmers, we have drawn up a hypothesis that such fact might be related to the existence of varied biotypes between and within the different weed populations in sugarcane fields, responding distinctly to herbicide applications. To check this hypothesis, we aimed to study the genetic variability of Rottboellia cochinchinensis (itchgrass) from three different populations (in the cities of Igarapava, Mococa and Piracicaba) in São Paulo State, Brazil, and using AFLP technique. Moreover, post-emergence application and cytogenetics were tested. Upper third leaf and seed samples were collected from the three locations, in areas of sugarcane commercial production. For molecular characterization, six primers were used with the AFLP marker, using 10 plants per population (30 in total), based on band presence (1) and absence (0) in the year of 2012. A completely randomized experiment was set to evaluate herbicide responses, using 20-L pots. Chemical treatments were performed by the herbicides: ametryn (3,000 g ha-1) - T1; isoxaflutole (135 g ha-1) - T2; ametryn (300 g ha-1)+isoxaflutole (135 g ha-1) T3; isoxaflutole (135 g ha-1)+clomazone (1200 g ha-1) T4; amicarbazone (1400 g ha-1) - T5; ametryn (3,000 g ha-1)+trifloxysulfuron-sodium (22.5 g ha-1) - T6; glyphosate (2,160 g ha-1) - T7; MSMA (2,880 g ha-1) - T8 and ametryn ...en
dc.description.abstractA elevada produção de cana-de-açúcar no Brasil é resultado do adequado manejo usado no campo com a cultura, e quando não adequado causa perdas significativas em produtividade. Dentre os tratos culturais, está o manejo das plantas daninhas, as quais são plantas indesejáveis as culturas. Entre as plantas daninhas, o capim-camalote (Rottboellia cochinchinensis) destaca-se como planta de difícil controle. Esse difícil controle está associado ao reduzido número de herbicidas registrados e seletivos a cultura da cana-de-açúcar, à variabilidade genética presente nas plantas daninhas, característica intrínseca a elas, e também a dormência das sementes e o vigor das plantas. Mediante a dificuldade do controle químico observada pelos produtores elaborou-se a hipótese de que isso pode ser devido a existência de biótipos entre e dentro das diferentes populações infestantes de canaviais que respondem de forma diferente aos tratamentos com herbicidas. Para verificar esta hipótese o presente trabalho teve como objetivo estudar a variabilidade genética em plantas de Rottboellia cochinchinensis em três populações (municípios de Igarapava, Mococa e Piracicaba) do Estado de São Paulo, utilizando-se da técnica AFLP. Foram também avaliadas a aplicação de herbicidas em pós-emergência das plantas e a análise citogenética. Nos três locais foram realizadas coletas de folhas no terço superior da plantas e sementes, em áreas de produção comercial de cana-de-açúcar. Para a caracterização molecular seis iniciadores foram utilizados com o marcador AFLP, em 10 indivíduos por população (30 indivíduos no total), com base na presença (1) e ausência (0) de bandas, no ano de 2012. Para a sensibilidade à herbicidas o experimento foi instalado em vasos com capacidade para 20 L, em delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos...pt
dc.format.extentvi, 87 p. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCana-de-açúcarpt
dc.subjectErva daninhapt
dc.subjectGenetica vegetalpt
dc.subjectHerbicidaspt
dc.subjectMarcadores genéticospt
dc.subjectWeedspt
dc.titleCaracterização molecular, citogenética e sensibilidade a herbicidas em três populações de Rottboellia cochinchinensis em cana-de-açúcar no estado de São Paulopt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaMarcadores Moleculares e Manejo de Plantas Daninhaspt
unesp.researchAreaBiologia molecular aplicada à genética e ao melhoramentopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000848862
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/cathedra/18-09-2015/000848862.pdf
dc.identifier.capes33004102029P6
dc.identifier.lattes7087372884726559
unesp.author.lattes7087372884726559
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record