Show simple item record

dc.contributor.authorFerlin, Camila Ribeiro
dc.contributor.authorBertoz, André Pinheiro de Magalhães [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Derly Tescaro Narciso de
dc.contributor.authorBigliazzi, Renato
dc.contributor.authorBertoz, Francisco Antônio [UNESP]
dc.date.accessioned2016-01-28T16:54:57Z
dc.date.available2016-01-28T16:54:57Z
dc.date.issued2014
dc.identifierhttp://apcdaracatuba.com.br/revista/2015/03/v35n222014.htm
dc.identifier.citationRevista Odontológica de Araçatuba, v. 35, n. 2, p. 37-40, 2014.
dc.identifier.issn2357-8378
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/133398
dc.description.abstractThe root resorption is one of the possible sequels of greater complexity to the orthodontist, the difficulty of detection and be asymptomatic. The presence, during the orthodontic treatment, is linked to a multifactorial origin, a complex combination of biological activities, anatomical, physiological, genetic variables and mechanical forces. Thus, the aim of this study was perform to critical literature review related to root resorption in orthodontic movement. Were included articles published between 2004 to 2014, indexed in the PUBMED database. Used descriptors contained in the Mesh, being adopted as inclusion criteria: clinical trials in humans, only articles that had clear ideas and objective, articles with English language. The search strategy used resulted in 24 articles and after applied the inclusion and exclusion criteria, 11 articles remained. Based on the results of this study it was concluded that heavy forces of intrusion, inclination and torque leads to a greater degree of root resorption; its etiology is multifactorial, the periodic radiographic control during treatment is needed and further studies are suggested to identify more specifically the causes and risk factors for root resorption.en
dc.description.abstractA reabsorção radicular é uma das possíveis sequelas de maior complexidade para o ortodontista, pela dificuldade de detecção e por ser assintomática. Sua presença está ligada a uma origem multifatorial, uma complexa combinação das atividades biológicas, variáveis anatômicas, fisiológicas, genéticas e as forças mecânicas. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão crítica da literatura referente à reabsorção radicular frente à movimentação ortodôntica. Foram incluídos artigos publicados entre 2004 a 2014, indexados na base de dados PUBMED. Os descritores utilizados continham no DeCs, sendo adotados como critérios de inclusão: ensaios clínicos em humanos, apenas artigos que apresentavam ideias claras e objetivas, artigos que apresentavam idioma Inglês. A estratégia de busca utilizada resultou em 24 artigos e depois de aplicados os critérios de inclusão e exclusão, restaram 11 artigos, com base nos resultados, concluiu-se que forças pesadas, de intrusão, inclinação e torque levam a um maior grau de reabsorção radicular; sua etiologia é multifatorial, o controle radiográfico periódico durante o tratamento é necessário e mais estudos são sugeridos para identificar mais especificamente as causas e os fatores de risco para a reabsorção radicular.pt
dc.format.extent37-40
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofRevista Odontológica de Araçatuba
dc.sourceCurrículo Lattes
dc.subjectRoot resorptionen
dc.subjectTooth movementen
dc.subjectOrthodonticsen
dc.subjectReabsorção da raizpt
dc.subjectMovimentação dentáriapt
dc.subjectOrtodontiapt
dc.titleOcorrência de reabsorção radicular no tratamento ortodôntico: revisão crítica da literaturapt
dc.title.alternativeOccurrence of root resorption during the orthodontic treatment: critical literature reviewen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Camilo Castelo Branco (UNICASTELO)
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.contributor.institutionCentro Universitário de Rio Preto (UNIRP)
dc.contributor.institutionFaculdade de Odontologia da Universidade Paulista (FOUNIP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Odontologia Infantil e Social, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, Araçatuba, Rua José Bonifácio - 1193, Vila Mendonça, CEP 16015050, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Odontologia Infantil e Social, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, Araçatuba, Rua José Bonifácio - 1193, Vila Mendonça, CEP 16015050, SP, Brasil
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Odontologia, Araçatubapt
dc.identifier.fileISSN2357-8378-2014-35-02-37-40.pdf
unesp.departmentOdontologia Infantil e Socialpt
unesp.author.lattes3787326351445431
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record