Show simple item record

dc.contributor.authorCasadei, Eliza Bachega [UNESP]
dc.date.accessioned2016-03-02T13:00:44Z
dc.date.available2016-03-02T13:00:44Z
dc.date.issued2013
dc.identifierhttp://www.publionline.iar.unicamp.br/index.php/muspop/article/view/46
dc.identifier.citationMúsica Popular em Revista, ano 1, v. 2, p. 197-214, 2013.
dc.identifier.issn2316-7858
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/135337
dc.description.abstractThe Riot Grrrl movement started in mid-90s and it consists of girls who use rock as a tool of feminist political struggle. Besides using music as a central element of political identity, this movement is also characterized by the formation of an alternative public sphere (formed by fanzines, blogs and e-zines) that functions both as a way to spread their music and as identification trigger mechanism in relation to their political causes. The aim of this article is to study the instruments that these feminists bands - that deviate from the traditional feminist political movements - use to create identification with their audience, especially from an empirical research of e-zines published by these bands and from the communicative action of their leaders in social networks. It is possible to note that, despite other identification mechanisms, testimonies works as a socialization link which marks the alternative public sphere composed by publications made by Riot Grrrls. The testimony serves as a powerful arranger of collective identities, since it is presupposed in the recognition of a world in common, allocating identity as performative action.en
dc.description.abstractO movimento Riot Grrrl surgiu em meados dos anos 90 e é constituído por garotas que usam o rock como instrumento da luta política feminista. Além de utilizar a música como elemento identitário e político central, esse movimento também é caracterizado pela constituição de uma esfera pública alternativa (formada por fanzines, blogs e e-zines) que funciona tanto como um modo de divulgar as suas músicas quanto como disparadores de mecanismos de identificação em relação às suas causas políticas. O objetivo do presente trabalho é estudar os instrumentos que estas bandas feministas que se afastam dos movimentos políticos feministas tradicionais utilizam para criar identificação com o seu público, principalmente a partir de uma pesquisa empírica dos e-zines publicados por estas bandas e pela ação comunicativa de suas líderes nas redes sociais. É possível notar que, a despeito de outros mecanismos de identificação, é o testemunho que funciona como elo de sociabilização que marca a esfera pública alternativa composta pelas publicações feitas pelas Riot Grrrls. O testemunho funciona como um poderoso agenciador das identidades coletivas, uma vez que está pressuposto no reconhecimento de um mundo em comum, alocando a identidade enquanto ato performativo.pt
dc.format.extent197-214
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofMúsica Popular em Revista
dc.sourceCurrículo Lattes
dc.subjectRocken
dc.subjectIdentitiesen
dc.subjectPolitical struggleen
dc.subjectFeminismen
dc.subjectAlternative public sphereen
dc.subjectRockpt
dc.subjectIdentidadespt
dc.subjectLuta políticapt
dc.subjectFeminismopt
dc.subjectEsfera pública alternativapt
dc.titleO Punk não é só para o seu Namorado: esfera pública alternativa, processos de identificação e testemunho na cena musical Riot Grrrlpt
dc.title.alternativePunk is not just for your boyfriend: alternative public sphere, identification procedures and testimonies in the Riot Grrrl music sceneen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Comunicação Social, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação de Bauru, Bauru, Avenida Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, Núcleo Residencial Presidente Geisel, CEP 17033360, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Comunicação Social, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação de Bauru, Bauru, Avenida Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, Núcleo Residencial Presidente Geisel, CEP 17033360, SP, Brasil
dc.rights.accessRightsAcesso restrito
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design, Baurupt
dc.identifier.lattes6547895943001454
unesp.departmentComunicação Socialpt
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record