Show simple item record

dc.contributor.advisorCortina, Arnaldo [UNESP]
dc.contributor.authorGarrido, Bruno Sampaio [UNESP]
dc.date.accessioned2016-04-01T17:55:08Z
dc.date.available2016-04-01T17:55:08Z
dc.date.issued2015-11-23
dc.identifier.citationGARRIDO, Bruno Sampaio. Linguagens sincréticas e construção da identidade na Revista Unesp Ciência: um estudo semiótico. 2015. 305 f. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciencias e Letras (Campus de Araraquara), 2015.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/136758
dc.description.abstractThis research aims to analyse the general structure of meaning of Unesp Ciência magazine (UC) and, in the same way, the manner how the enunciator present in discourse of this magazine builds a simulacrum of itself (éthos) and of their readers (páthos), in order to producing a particular discursive style. The magazine, which has been edited by the communication department of São Paulo State University (Unesp) since September 2009, proposes to disclose the science made in/by the institution. Theoretical-methodological framework adopted in this research is based upon, mainly, on the discursive semiotics, proposed by Algirdas Julien Greimas and developed by his followers, in a dialogue with concepts brought from Philosophy of Science and Journalism theories. Through an analysis of syncretic languages on UC and enunciation marks which characterize the identity of the enunciation subject, we concluded this magazine imbricates elements which aggregate features of the news story genre and the scientific and institutional disclosure. In addition, visual narratives and setting of the enunciator éthos are decisive to creating a style which values an empathy to the enunciatee and a sensible experience with the utterance, creating effects of presenting and immersing. The institutional and militant character of discourse of UC also propels the name of Unesp and the responsible agents to correspondent scientific production, aggregating them an euphoric feature, and also specific values defended by institution - prominence, leadership, innovation, defence of the environment and of social demands (especially those related to minority groups)en
dc.description.abstractEsta pesquisa tem por objetivo analisar a estrutura geral da significação da revista Unesp Ciência (UC) e, do mesmo modo, a maneira como o enunciador presente no discurso da revista constrói o simulacro de si mesma (éthos) e de seus leitores (páthos), com vistas à produção de um estilo discursivo próprio. O periódico, editado pela assessoria de comunicação da Universidade Estadual Paulista (Unesp) desde setembro de 2009, tem como proposta divulgar a ciência produzida na e pela instituição. O referencial teóricometodológico adotado neste trabalho ancora-se, principalmente, na semiótica discursiva, proposta por Algirdas Julien Greimas e desenvolvida por seus seguidores, em diálogo com conceitos trazidos da filosofia da ciência e das teorias do jornalismo. Por meio da análise das linguagens sincréticas de UC e das marcas enunciativas que caracterizam a identidade do sujeito da enunciação, concluímos que a revista imbrica elementos que agregam características do gênero reportagem, da comunicação e da divulgação científicas e da divulgação institucional. Além disso, as narrativas visuais e a configuração do éthos do enunciador são decisivas para criar um estilo que valoriza a empatia com o enunciatário e a experiência sensível com o enunciado, criando-se efeitos de presentificação e de imersão. O caráter institucional e militante do discurso de UC também projeta o nome da Unesp e dos agentes responsáveis pela produção científica correspondente, agregando-lhes assim um caráter eufórico, além de valores específicos defendidos pela instituição - protagonismo, liderança, inovação, defesa do meio ambiente e de demandas sociais (sobretudo das minorias)pt
dc.format.extent305 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Periódicospt
dc.subjectAnálise do discursopt
dc.subjectSemioticapt
dc.subjectLinguagempt
dc.subjectJornalismopt
dc.subjectDiscourse analysispt
dc.titleLinguagens sincréticas e construção da identidade na Revista Unesp Ciência: um estudo semióticopt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLinguística e Língua Portuguesa - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaLinguística e língua portuguesapt
unesp.researchAreaEstrutura, organização e funcionamento discursivos e textuaispt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000860192
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/cathedra/14-03-2016/000860192.pdf
dc.identifier.capes33004030009P4
dc.identifier.lattes3620363368809340
dc.identifier.orcid0000-0001-9404-8352
unesp.advisor.lattes3620363368809340[1]
unesp.advisor.orcid0000-0001-9404-8352[1]
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record