Show simple item record

dc.contributor.authorDaiuto, Erica Regina [UNESP]
dc.contributor.authorVieites, Rogério Lopes [UNESP]
dc.contributor.authorVileigas, Danielle Fernandes [UNESP]
dc.contributor.authorLidia, Raquel Carvalho [UNESP]
dc.date.accessioned2016-04-01T18:46:20Z
dc.date.available2016-04-01T18:46:20Z
dc.date.issued2012
dc.identifierhttp://serv-bib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/alimentos/article/viewArticle/1339
dc.identifier.citationAlimentos e Nutrição, v. 23, n. 2, p. 195-204, 2012.
dc.identifier.issn0103-4235
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/137577
dc.description.abstractAvocado is a nutritious fruit with qualities that make possible the increase in his consumption. Processed avocado is an alternative, but, a challenge, not only for the technological diffi culties in to maintain the product quality as well as to please the consumer’s palate still no habituated it this consumption form. The objective of this research was to evaluate the guacamole stability elaborated with different formulations being conserved under refrigeration, to obtain a product with characteristics and quality of fresh. Guacamole was elaborated with ‘Hass’ avocado, being accomplished three treatments that differed for the lemon, ascorbic acid and citric acid addition. Product was conditioned in nylon+ polyethylene packages, with and without vacuum application and stored under refrigeration (4o C±1). Evaluation of sensorial parameters, color, pH and acidity was accomplished to the 0, 3, 7 and 10 days of storage. Formulation that contained just lemon was the most unstable as for the appraised parameters during the refrigerated storage and the samples stayed acceptable to consumption just until the seventh day. Avocado product can preserve his natural and fresh aspect elaborated with citric and ascorbic acid, being stored under refrigeration in nylon+ polyethylene packages.en
dc.description.abstractO abacate é um fruto nutritivo com qualidades que viabilizam o aumento de seu consumo. O abacate processado é uma alternativa, mas, um desafi o, não somente pelas difi culdades tecnológicas em se manter a qualidade do produto como também agradar o paladar do consumidor ainda não habituado a esta forma de consumo. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a estabilidade do guacamole elaborado com diferentes formulações sendo conservado sob refrigeração, para obter um produto com características e qualidade de fresco. O guacamole foi elaborado com abacate ‘Hass’, sendo realizados três tratamentos que diferiram pela adição de limão, ácido ascórbico e ácido cítrico. O produto foi acondicionado em embalagens de nylon+polietileno com e sem aplicação de vácuo e armazenado sob refrigeração (4oC±1). Avaliação dos parâmetros sensoriais, cor, pH e acidez foi realizada aos 0, 3, 7 e 10 dias de armazenamento. A formulação que continha apenas limão foi a mais instável quanto aos parâmetros avaliados durante o armazenamento refrigerado e as amostras permaneceram aceitáveis ao consumo até o sétimo dia. O produto de abacate pode preservar seu aspecto natural e fresco elaborado com ácido cítrico e ascórbico, sendo armazenado sob refrigeração em embalagens de nylon+polietileno.pt
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent195-204
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofAlimentos e Nutrição
dc.sourceCurrículo Lattes
dc.subjectPersea americana Millpt
dc.subjectProcessamentopt
dc.subjectQualidadept
dc.subjectMinimamente processadopt
dc.titleEstabilidade do guacamole refrigerado elaborado com abacate ‘hass’ e diferentes formulaçõespt
dc.title.alternativeStability of refrigerated guacamole elaborated with ‘Hass’ avocado and different formulationsen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Produção Vegetal, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, Botucatu, Fazenda Experimental Lageado - Caixa Postal 237, Lageado, CEP 18603-970, SP, Brasil
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Gestão e Tecnologia de Alimentos, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, Botucatu, Fazenda Experimental Lageado - Caixa Postal 237, Lageado, CEP 18603-970, SP, Brasil
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Bioestatística, Instituto de Biociências (IBB), Botucatu, CEP 18603-970, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Produção Vegetal, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, Botucatu, Fazenda Experimental Lageado - Caixa Postal 237, Lageado, CEP 18603-970, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Gestão e Tecnologia de Alimentos, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, Botucatu, Fazenda Experimental Lageado - Caixa Postal 237, Lageado, CEP 18603-970, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Bioestatística, Instituto de Biociências (IBB), Botucatu, CEP 18603-970, SP, Brasil
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Botucatupt
unesp.departmentProdução Vegetalpt
unesp.departmentGestão e Tecnologia de Alimentospt
unesp.departmentBioestatísticapt
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record