Show simple item record

dc.contributor.advisorLombardo, Magda Adelaide [UNESP]
dc.contributor.authorNascimento, Melchior Carlos do [UNESP]
dc.date.accessioned2016-06-23T12:52:22Z
dc.date.available2016-06-23T12:52:22Z
dc.date.issued2016-04-28
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/139514
dc.description.abstractA exploração indiscriminada dos recursos naturais e a ocupação irregular dos espaços urbanos têm provocado prejuízos diversos às metrópoles brasileiras, comprometendo a qualidade dos serviços públicos como abastecimento de água, esgotamento sanitário, transporte e demais serviços essenciais à garantia da qualidade de vida. Nesse contexto, os problemas urbanos decorrentes das precipitações pluviométricas têm atingido os municípios que integram a Região Metropolitana de Maceió – RMM, afetando ainda mais a qualidade de vida da população. Com a finalidade principal de desenvolver uma proposta para avaliar a vulnerabilidade socioambiental junto aos problemas relacionados aos deslizamentos de terra, enchentes e inundações, a presente pesquisa também teve como objetivos identificar os níveis de vulnerabilidade físico-ambiental e verificar a opinião da população sobre os problemas decorrentes das chuvas intensas. Para tanto, o uso das geotecnologias foi essencial para a integração espacial das diferentes variáveis temáticas. A partir das análises, foi observado que as ocorrências dos tipos de eventos ou desastres na RMM dependem da interveniência das chuvas e da conjugação de fatores naturais e antropogênicos. De maneira geral, as populações residentes nas áreas vulneráveis aos problemas: deslizamento de terra, enchente e inundação encontram-se relativamente fragilizadas sob o ponto de vista social. Por sua vez, a combinação entre os fatores fisiográficos permitiu identificar que em torno de 44,12% da área de estudo possuem entre média, alta e muito alta vulnerabilidade físico-ambiental ao deslizamento de terra. No caso das áreas vulneráveis à enchente/inundação, em torno de 74,17% da totalidade da área possuem entre muito baixa e baixa vulnerabilidade. Diante dessa constatação, observou-se que a ocorrência desses variados tipos de eventos ou desastres na RMM depende da interveniência das chuvas; dessa forma, as áreas de risco de deslizamento de terra, enchente ou inundação ser consideradas potencialmente vulneráveispt
dc.description.abstractThe indiscriminate exploitation of natural resources and the illegal occupation of urban spaces has been damaging several Brazilian cities, compromising the quality of public services such as water supply, sewage, transport and other essential services to ensure the quality of life. In this context, urban problems arising from rainfall has reached the municipalities of the Metropolitan Area of Maceio - MAM, further affecting the quality of life of the population. With the main purpose of developing a proposal to assess the social and environmental vulnerability to problems related to landslides and floods, this research also aimed to identify the environmental physical vulnerability levels and check the opinion of the population about the problems arising from heavy rains. Therefore, the use of geotechnologies was essential for spatial integration of different thematic variables. From the analysis it was observed that the occurrence of the types of events or disasters in MAM depend on the intervention of the rains and the combination of natural and anthropogenic factors. In general, people living in vulnerable areas to landslide problems and flood are relatively vulnerable from the social point of view. In turn, the combination of the physiographic factors have identified that about 44.12% of the study area has between medium, high and very high environmental physical vulnerability to landslide. In the case of vulnerable areas to flood, about 74.17% of total area are between very low and low vulnerability. Given this finding, it was observed that the occurrence of these various types of events or disasters in MAM depend on the intervention of rain, and the landslide risk areas or flood may be considered potentially vulnerable.en
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectVulnerabilidade socioambientalpt
dc.subjectGeotecnologiaspt
dc.subjectDeslizamento de terrapt
dc.subjectEnchentespt
dc.subjectGeoprocessamentopt
dc.subjectEnvironmental vulnerabilityen
dc.subjectLandslideen
dc.subjectGeoprocessingen
dc.titleContribuição metodológica para seleção de indicadores de vulnerabilidade socioambiental por meio das geotecnologias à região metropolitana de Maceiópt
dc.title.alternativeMethodological contribution to selection of indicators of vulnerability of environmental through geotechnologies to the metropolitan area of Maceióen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeografia - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaOrganização do espaçopt
unesp.researchAreaAnálise Ambientalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000870602
dc.identifier.capes33004137004P0
dc.identifier.lattes6188864471881525
unesp.author.lattes6188864471881525
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record