Show simple item record

dc.contributor.authorOliveira, Rodrigo Buchianeri Numa [UNESP]
dc.contributor.authorSodelli, Francielle Calixto [UNESP]
dc.contributor.authorFreitas, Maria Isabel Castreghini [UNESP]
dc.date.accessioned2016-08-04T13:36:30Z
dc.date.available2016-08-04T13:36:30Z
dc.date.issued2015-09-21
dc.identifierhttp://200.145.6.205/index.php/congressoextensao/8congressoextensao/paper/view/1154
dc.identifier.citation8º Congresso de extensão universitária da UNESP, p. 1-6, 2015.
dc.identifier.issn2176-9761
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/142793
dc.description.abstractGeographic Information System is an important tool when creating and discussing public politics, since it contains all the necessary tools required to store, analyze, manipulate and present all kinds of geographical data in maps, helping in the process of urban planning and decision making. When dealing with traffic accidents, mapping the occurrences from geographical points allows a more complete picture of the city’s transit system, making it possible to identify critical spots, characterize hazard areas and diagnose the spatial and quantitative variations throughout the years. This study conducted the mapping of traffic accidents involving cyclists and pedestrians from January to December of 2013 in the city of Rio Claro SP. The data was collected from the SAMU’s (Mobile Emergency Care Service) database, and georeferenced in the Geographic Information System ArcGIS. The city’s critical areas were identified, most notably in the neighborhoods of Jardim Floridiana, Centro and Arco-Íris. One of this study’s objectives is to offer a methodological contribution to government agencies in the process of collecting, storing and managing data, since at this point there is no geographical information being stored with each patient’s file. This kind of information could contribute in the process of decision making, facilitating periodic analysis and streamlining the access to in-map information. This Project has been ongoing since 2013, with its first phase consisting in the mapping of urban violence and socioeconomical data in the city of Feira de Santana (BA) and Rio Claro (SP). This Project receives financial support from PROEX (Pró Reitoria de Extensão Universitária) and is being developed in CEAPLA (Environmental Planning and Analysis Center).en
dc.description.abstractO Sistema de Informação Geográfica (SIG) é uma importante ferramenta para a elaboração de políticas públicas, uma vez que possui as ferramentas necessárias para realizar a espacialização de diferentes tipos de informações em mapas temáticos, auxiliando no processo de planejamento e tomada de decisões. No caso de acidentes de trânsito, o mapeamento de ocorrências a partir de pontos georreferenciados permite um panorama completo do sistema de tráfego da cidade, permitindo identificar pontos críticos, caracterizar áreas de risco, e diagnosticar as variações espaciais e quantitativas dos acidentes através dos anos. O presente trabalho realizou o mapeamento das ocorrências de trânsito envolvendo ciclistas e pedestres, durante o ano de 2013 na cidade de Rio Claro SP. Os dados foram coletados junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e espacializados em ferramenta de SIG ArcGIS 10.2. Os pontos mais críticos foram identificados, localizados principalmente nos bairros Centro, Jardim Floridiana e Arco-Íris. O objetivo deste estudo é oferecer uma contribuição metodológica aos órgãos públicos no processo coleta e sistematização de dados, uma vez que, até o momento, carecem de informações georreferenciadas no armazenamento das ocorrências. No contexto de integração do saber acadêmico com a prática social, este trabalho buscou levar conhecimentos adquiridos durante a graduação para fora dos muros da universidade, uma vez que os resultados aqui apresentados serão compartilhados com a equipe do SAMU Rio Claro, juntamente com um curso de capacitação para que o órgão tenha os recursos para utilizar SIG em suas atividades diárias. Este trabalho faz parte do projeto “Sistema de Informação Geográfica para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em Cidades Médias”, em andamento desde 2013, sendo que, na primeira fase, constituiu em uma elaboração de banco de dados e mapeamento por meio de SIG da violência urbana nos municípios de Feira de Santana (BA) e Rio Claro (SP). O projeto de extensão tem financiamento pela Pró Reitoria de Extensão Universitária – PROEX, desenvolvido no Centro de Análises e Estudos Ambientais – CEAPLA.pt
dc.description.sponsorshipPró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEX UNESP)
dc.format.extent1-6
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.relation.ispartofCongresso de extensão universitária da UNESP
dc.sourcePROEX
dc.subjectGeographic information systemen
dc.subjectMobile emergency care serviceen
dc.subjectTraffic accidentsen
dc.subjectSistema de Informação Geográfica (SIG)pt
dc.subjectServiço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)pt
dc.subjectAcidentespt
dc.titleSistema de informação geográfica no mapeamento de acidentes envolvendo ciclistas e pedestres em Rio Claro SP 2013pt
dc.typeTrabalho apresentado em evento
dcterms.licensehttp://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/pesquisa/about/editorialPolicies#openAccessPolicy
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.fileISSN2176-9761-2015-01-06-oliveira-sodelli.pdf
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record