Show simple item record

dc.contributor.advisorRibolla, Paulo Eduardo Martins [UNESP]
dc.contributor.authorRodrigues, Grazielle de Araujo Lourenço [UNESP]
dc.date.accessioned2016-12-09T13:51:56Z
dc.date.available2016-12-09T13:51:56Z
dc.date.issued2013-06-27
dc.identifier.citationRODRIGUES, Grazielle de Araujo Lourenço. Avaliação do efeito fotodinâmico na viabilidade de promastigotas de leishmania Major, utilizando sal de curcumina como agente fotossensibilizador. 2013. 1 CD-ROM. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Física Médica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Botucatu, 2013.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/145448
dc.description.abstractA Terapia Fotodinâmica é uma modalidade médica baseada na interação entre luz e fotossensibilizador, na presença do oxigênio, visando causar morte celular. Quando iluminado com comprimento de onda adequado, interage com o oxigênio celular resultando em espécies reativas capazes de induzir a inviabilização de células, acometendo sua morte. O controle da biodistribuição do agente fototerapêutico assegura a seletividade da terapia, visto que o processo dinâmico só ocorre na área irradiada. O tratamento de patologias dermatológicas pela Terapia Fotodinâmica está em desenvolvimento desde o final dos anos 70, porém pouco explorado, possivelmente devido a descobertas de drogas antimicrobianas. Após pouco tempo de uso dessas drogas como agentes terapêuticos, observou-se a resistência de alguns micro-organismos, fato que dificulta o tratamento, tornando-se necessário o desenvolvimento de novos métodos terapêuticos, como por exemplo, a retomada de estudos sobre a terapia fotodinâmica antimicrobiana. A Leishmaniose cutânea é uma dentre as variantes da doença tegumentar freqüente nas regiões brasileiras, principalmente no norte e nordeste do país. Uma infecção causada pelo protozoário Leishmania Major afeta pele e mucosa com o desenvolvimento de úlceras. Seu tratamento consiste basicamente de poucos fármacos como os antimoniais e a pentamidina, que além de apresentarem efeitos colaterais importantes, muitas vezes são ineficazes devido à aquisição de resistência pelo parasito. Este estudo teve por objetivo avaliar a ação do efeito fotodinâmico na viabilidade de promastigotas de Leismaniase Major, utilizando Sal de Curcumina como agente fotossensibilizadorpt
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectFototerapiapt
dc.subjectLuz - Efeito fisiologicopt
dc.subjectLeishmaniose - Tratamentopt
dc.subjectCurcumina - Uso terapêuticopt
dc.subjectLeishmaniasispt
dc.subjectLight - Physiological effectpt
dc.titleAvaliação do efeito fotodinâmico na viabilidade de promastigotas de leishmania Major, utilizando sal de curcumina como agente fotossensibilizadorpt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Botucatupt
dc.identifier.aleph000869373
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2016-09-20/000869373.pdf
dc.identifier.lattes3577149748456880
unesp.undergraduateFísica Médica - IBBpt
dc.identifier.orcid0000-0001-8735-6090
unesp.advisor.lattes3577149748456880
unesp.advisor.orcid0000-0001-8735-6090
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record