Show simple item record

dc.contributor.authorDall'Acqua, Maria Júlia Canazza [UNESP]
dc.date.accessioned2017-01-18T15:46:02Z
dc.date.available2017-01-18T15:46:02Z
dc.date.issued2001
dc.identifierhttp://proex.reitoria.unesp.br/congressos/Congressos/1__Congresso/Difus_o_de_Conhecimentos/Trabalho31.htm
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/148146
dc.description.abstractA iniciação na área da informática pelo uso de programas específicos e voltados para as necessidades de utilização de pessoas com deficiência visual teve início no ano de 1996, tendo por local de realização as dependências do Centro de Estudos, Assessoria e Orientação Educativa "Dante Moreira Leite" - CEAO - Unidade Auxiliar da F.C.L./ Campus de Araraquara-SP. Os objetivos do programa de informática adaptada são introduzir pessoas com deficiência visual na área da informática, visando a formação e a instrumentalização tanto de crianças como de adultos nessa tecnologia, por meio de equipamentos e programas desenvolvidos especificamente para esse público alvo; possibilitar o acesso e permanência na escolaridade comum; possibilitar o desenvolvimento de atividades profissionais; favorecer a integração social, através de uma atividade significativamente valorizada. O projeto de informática adaptada nos anos de 96 e 97 teve suas atividades desenvolvidas pela própria coordenadora, em parceria com a PARA D.V. - Associação para Apoio e Integração do Deficiente Visual, entidade filantrópica que encaminhava pessoas triadas para o atendimento. Em 1998 o projeto contou com uma estagiária - aluna do curso de Pedagogia - que se incumbiu de parte dos atendimentos. No início de 1999, firmou-se uma cooperação mais afetiva entre CEAO/FCL-CAr e PARA D.V., cabendo ao projeto propiciar os recursos humanos envolvidos, e à entidade parceira, suas dependências, equipamentos - incluindo aqui uma impressora Braille - e programas falados e dotados de magnificação de tela, bem como recursos financeiros para oferecimento de bolsas de apoio técnico às estagiárias participantes e material de consumo para viabilizar as atividades. A iniciativa é implementada sob a forma de atendimentos com periodicidade semanal, num total de 3 horas/aula, duas vezes por semana, a 20 pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos. As ações previstas foram definidas como aprendizado: - do teclado e operações básicas; - do DOS-VOX; - do WORLD-VOX; - do WINDOWS-VOX; - do WINDOWS por meio de ampliação de tela: ZOOMTEXT-XTRA. A iniciativa cumpre seu papel quando permite à Universidade que desempenhe sua função de extensão, incentivando a comunidade a organizar-se por si mesma no que tange à proposição de estratégias para enfrentamento de suas necessidades.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.relation.ispartofCongresso de Extensão Universitária
dc.sourcePROEX
dc.titleProgramas de atendimento a pessoas com deficiência visual: sub projeto de informática adaptadapt
dc.typeResumo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras (FCLAR), Departamento de Psicologia da Educação, Araraquara, SP
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras (FCLAR), Departamento de Psicologia da Educação, Araraquara, SP
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
unesp.departmentPsicologia da Educação - FCLARpt
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record