Show simple item record

dc.contributor.authorPena, Angel Fidel Vilche [UNESP]
dc.date.accessioned2017-01-18T15:46:07Z
dc.date.available2017-01-18T15:46:07Z
dc.date.issued2001
dc.identifierhttp://proex.reitoria.unesp.br/congressos/Congressos/1__Congresso/Difus_o_de_Conhecimentos/Trabalho23.htm
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/148175
dc.description.abstractEste projeto visa estender aos professores da rede participantes, os benefícios do uso da informática, seja para uso próprio ou estendê-lo à escola onde trabalha. Esta iniciativa é parte das atividades do Centro de Ciências da UNESP de Presidente Prudente, onde as atividades de extensão e auxílio a professores e alunos da rede é o seu principal objeto. Centro de Ciências foi inaugurado em 1994 e desde então, numerosas atividades de extensão vêm sendo realizadas, entre elas Cursos de Capacitação para Professores, assim como Atividades de Extensão em Astronomia para a comunidade, seja por observação direta, através do telescópio de 8 polegadas que o Centro possui, ou mostrando imagens de computador obtidas na NASA e na Internet. Seja pela forte atração que a Astronomia provoca nas pessoas ou pela diversidade de temas que eram de interesse nesse momento em particular, os cursos, atividades, observação direta, palestras e exposições relativas a este tema sempre tiveram um público numeroso e interessado. Não se pode negar o avanço da Informática no cotidiano das escolas e comunidade em geral. O valor dos equipamentos continua caindo e agora o problema não é o preço e sim, capacidade de utilizá-lo. O Centro de Ciências possui 5 computadores 486 que poderiam ser utilizados para treinamento de 10 professores da rede de ensino de Presidente Prudente, assim, como parte das Atividades do Centro de Ciências propusemos ministrar uma série de mini cursos de informática no qual a Astronomia serviria como um chamariz para o tema principal que é a Informática no cotidiano do professor. Para realizar estes mini cursos, um projeto foi apresentado à PROEX para a utilização também de um bolsista que auxiliasse nas atividades dos mini cursos além de preparar o material escrito que seria distribuído a cada professor participante. Tanto a PROEX, quanto a Diretoria da Faculdade foram sensíveis a esta iniciativa colocando uma bolsa de extensão a nossa disposição, assim como também material de escritório e de consumo necessário para trabalhar com 10 mini cursos de 30 horas cada.. A proposta se deu na mesma data da implantação pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo das salas de Informática. Estas Salas possuem cinco computadores modernos, duas impressoras a jato de tinta e um "Scanner" de mesa. Guardando as distâncias com relação à qualidade dos equipamentos, nossos mini cursos teriam os mesmos objetivos e seriam uma ante sala para o Programa de Capacitação Docente na área de Informática que a Secretaria de Educação colocaria em funcionamento em novembro de 1998. Como em todos os cursos deste tipo, o computador será o centro das atenções, dando ao professor a oportunidade de analisar as maneiras mais apropriadas de explorá-lo e também de promover situações de formação adequadas às necessidades e interesses dos seus alunos, além da leitura de apostilas contendo informações e instruções específicas com relação a cada tema tratado. Para começar as atividades do projeto, o bolsista escolhido preparou uma tradução de dois programas de Astronomia por Computador (Skyglobe e Orbits), além de uma Apostila de Informática para ser compartilhada por todos os participantes. Cada curso se iniciava com os conceitos básicos sobre computadores como hardware, software, Sistema operacional, icones, utilização do "mouse", etc. e na continuidade se aprendia a utilização do Windows. A utilização do programa Paint como primeiro utilitário exercitava a habilidade motora fina necessária para a utilização intensiva do "mouse", ferramenta muito utilizada no Windows. Em cada computador trabalhavam dois professores. Duas foram as maiores dificuldades enfrentadas pela Coordenação do Projeto, a saber, uma falta de entrossamento entre a UNESP e a Delegacia de Ensino e também a falta de interesse por parte dos professores. É alta a burocracia da Delegacia de Ensino e pouco ágil, impedindo que professores da rede empreguem uma parte do seu tempo de permanência em aulas com cursos não reconhecidos pela S.E. (leia-se CENP), criando dificuldades para os professores-alunos interessados em seguir este tipo de atividade. Não podemos deixar de reconhecer que uma parte dos professores faz os cursos à procura do meio ponto que vai ajudá-lo na sua progressão funcional, mas uma certa flexibilidade por parte das Delegacias de Ensino ajudaria bastante a suprimir esta dificuldade. Isto é um problema que deve ser resolvido entre a Secretaria da Educação e a Reitoria da UNESP. Em meados do segundo semestre de 1998, foi realizado o Concurso de Ingresso para os professores de todo o Estado. Para se preparar de modo sério, o professor da rede não podia se permitir participar de nenhuma atividade que não fosse a de se estudar para as provas. Por isto, a procura pelos nossos mini cursos foi baixíssima, conseguindo realizar apenas 30% do que o projeto prometeu. Este projeto permitiu mais uma vez colocar em evidência nosso Campus, reforçando os laços naturais com uma parte importante da comunidade e permitiu que muitos dos professores participantes, se familiarizassem com o computador e pudessem a longo prazo, planificar ações para utilização do computador em sala de aulas, seja como um elemento de motivação ou como complemento do processo de aprendizado. Lamentavelmente, na maioria das escolas o uso da Sala de Computadores fica restrita apenas a àqueles professores que fizeram o curso "oficial" patrocinado pela S.E. e mesmo assim, com tantas restrições que os docentes que fizeram estes cursos ou nossos mini cursos, na sua maioria desistiram de utilizar as máquinas. Informática deve ser praticado no dia a dia, caso contrário se esquece. Os poucos que continuaram, utilizam o computador de casa, que ele nunca teve oportunidade de utilizar.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.relation.ispartofCongresso de Extensão Universitária
dc.sourcePROEX
dc.titleAstronomia através de computador para professores da rede de ensino de Presidente Prudentept
dc.typeResumo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), Departamento de Física, Química e Biologia, Presidente Prudente, SP
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), Departamento de Física, Química e Biologia, Presidente Prudente, SP
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudentept
dc.identifier.lattes0746570277957079
unesp.departmentFísica, Química e Biologia - FCTpt
unesp.author.lattes0746570277957079
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record