Show simple item record

dc.contributor.authorSantos, Elisangela Maria Fernandes dos [UNESP]
dc.date.accessioned2017-01-18T18:09:45Z
dc.date.available2017-01-18T18:09:45Z
dc.date.issued2003
dc.identifierhttp://proex.reitoria.unesp.br/congressos/Congressos/2__Congresso/Educa__o/Educ72.htm
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/148348
dc.description.abstractIntrodução: O diagnóstico organizacional está sendo realizado no ano de 2002 na escola GBI Ensino e Cultura Ltda, em Bauru, SP. A Psicologia Organizacional e para o Trabalho pode contribuir para a pesquisa, compreensão e intervenção em fatores que comprometem as relações de trabalho e a saúde mental dos profissionais. A importância da percepção do próprio trabalho como útil à sociedade proporciona ao profissional uma estruturação positiva de sua identidade e garante a qualidade de seu desempenho no trabalho. Os aspectos culturais que permeiam as relações na organização podem ser identificados por elementos simbólicos presentes em sistemas gerencial-administrativos, processos decisórios, canais de comunicação, processos de recrutamento e seleção e sistemas de crenças e valores, dentre outros. Estes elementos podem esclarecer a concepção de trabalho e as condições oferecidas para que este se desenvolva de maneira satisfatória para todos. A identificação das condições favoráveis ao trabalho dos professores, terá reflexo direto na qualidade do processo educacional oferecido às crianças.Objetivo: Identificar, à partir do diagnóstico, aspectos positivos e negativos das relações de trabalho existentes na escola. Método: Entrevistas individuais semi-estruturadas junto aos professores da escola, totalizando 14 profissionais. A entrevista foi planejada para investigação de cinco fatores: metodologia de ensino, relações interpessoais, comunicação, resolução de problemas e motivação. Os fatores citados foram definidos junto à coordenação administrativa e pedagógica de escola.Resultados: Através do diagnóstico esperamos identificar aspectos positivos e negativos que estejam influenciando nas relações de trabalho na escola e, conseqüentemente, na qualidade do processo educacional por ela proposto. Á partir desta constatação, pretendemos desenvolver planos de intervenções que venham contribuir para o desempenho satisfatório dos profissionais envolvidos neste processo, bem como possibilitar que a escola cumpra adequadamente seus objetivos.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.relation.ispartofCongresso de Extensão Universitária
dc.sourcePROEX
dc.titleDiagnóstico organizacional na GBI ensino e cultura-escola de educação infantil e fundamentalpt
dc.typeResumo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências (FC), Bauru, SP
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências (FC), Bauru, SP
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, Baurupt
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record