Show simple item record

dc.contributor.advisorSantos, Daniela Micheline dos [UNESP]
dc.contributor.authorMenezes, Fernanda Bimbato de [UNESP]
dc.date.accessioned2017-03-14T14:46:40Z
dc.date.available2017-03-14T14:46:40Z
dc.date.issued2012-09-21
dc.identifier.citationMENEZES, Fernanda Bimbato de. Efeito de soluções desinfetantes sobre a estabilidade de cor de botões de íris artificiais nas cores azul e marrom obtidos por diferentes técnicas. 2012. 31 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/149437
dc.description.abstractThe color of the artificial iris with acceptable aesthetic is an important clinical condition for the rehabilitation of the eye. So, the present study was to investigate the influence of three disinfectant solutions on the color change of the artificial iris button obtained by different techniques for two-tone color. A total of 300 samples will be made by simulating artificial eyes. Samples were fabricated with either blue or brown color artificial iris. For each color, fifty samples of each technique (conventional (CE), prefabricated cap technique (PC) and inverted painting (IP)) will be made. For each technique, 10 samples will be subjected to three types of disinfectant solution (soap (NES), Opti-Free (OPF) and chlorhexidine 4% (CHX)), or remained without disinfection (control 1 (C1) will be immersed in saline and control 2 (C2) will be subjected to dry conditions). The disinfection procedure was performed during 120 days, and the disinfected samples were stored in saline solution during this period. The artificial iris color measurement was conducted through reflection spectrophotometry using the CIE L * a * b * after prosthesis polymerization, and after 60 and 120 days. The color change values increased over time. For both colors, ANOVA reveled significant difference on the color change values of the artificial iris button among technique and period; and disinfectant and period (P<0.01). CE e PC exhibited highest color stability for both color artificial iris. The artificial iris buttons disinfected with CHX exhibited highest color change significant compared to others disinfectants and control groups, independent the color. In conclusion, technique and disinfection/storage periods affected the artificial iris buttonen
dc.description.abstractA cor da íris artificial com estética aceitável é uma importante condição clínica para a reabilitação ocular. Dessa forma, este estudo teve como propósito avaliar a influência de três soluções desinfetantes, na alteração de cor do botão de íris artificial obtido por diferentes técnicas, para duas tonalidades de cor. Foram confeccionadas 300 amostras simulando próteses oculares, sendo metade dessas amostras com íris artificial na cor azul e a outra metade na cor marrom. Para cada cor, cinquenta amostras de cada técnica empregada (técnica convencional (PE), técnica com calota pré-fabricada (CA) e pintura invertida (PI)) serão confeccionadas. Para cada técnica empregada, 10 amostras foram submetidas a três tipos de soluções desinfetantes (sabão neutro (NES), Opti-Free (OPF) e clorexidina a 4% (CHX)); ou permanecerão sem desinfecção (C1, imersas em soro fisiológico e C2 restritas a ambiente seco).A desinfecção foi realizada por 120 dias, sendo as amostras desinfetadas, armazenadas em soro fisiológico durante esse período. Os valores de alteração de cor aumentaram ao longo do tempo. Para ambas as cores, ANOVA mostrou diferença estatística significante nos valores de alteração de cor do botão de íris artificial entre técnica e período; desinfetante e período (P<0,001). As técnicas PE e CA apresentaram maior estabilidade de cor, para ambas as cores de íris artificiais.Os botões de íris artificial desinfetados com CHX apresentaram maiores valores de alteração de cor, significante, em relação aos outros desinfetantes e grupos controle, independente da cor. Em conclusão, a técnica e desinfecção/período de armazenagem influenciaram na estabilidade de cor do botão de íris artificialpt
dc.format.extent31 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectDesinfecçãopt
dc.subjectCorpt
dc.subjectEspectrofotometriapt
dc.subjectResinas acrílicaspt
dc.subjectOlhos artificiaispt
dc.subjectDisinfectionpt
dc.titleEfeito de soluções desinfetantes sobre a estabilidade de cor de botões de íris artificiais nas cores azul e marrom obtidos por diferentes técnicaspt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Odontologia, Araçatubapt
dc.identifier.aleph000856141
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2017-01-26/000856141.pdf
unesp.undergraduateOdontologia - FOApt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record