Show simple item record

dc.contributor.advisorVerri, Fellippo Ramos [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Hiskell Francine Fernandes e [UNESP]
dc.date.accessioned2017-03-14T14:47:12Z
dc.date.available2017-03-14T14:47:12Z
dc.date.issued2014-09-15
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Hiskell Francine Fernandes e. Influência dos tipos de ancoragem óssea na distribuição de tensões em implantes cone morse em maxila anterior: estudo pelo método dos elementos finitos 3-D. 2014. 34 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/149560
dc.description.abstractThe literature has suggested the use of Morse taper implants in aesthetic areas, since they exhibit high levels of preservation of tissues around the peri-implant region over the initial years of follow-up. Surgical techniques of bone expansion represent possibilities of placing implants in this area, although biomechanical studies on the subject are still scarce. This study aimed to analyze the biomechanical effect of implant prosthetic anchorages using cone Morse type installed in the anterior region of the maxilla, varying the type of anchorage in bone tissue: a) conventional placement, remaining trabecular bone at the apex area; b) bicortical anchorage; c) sinus floor lifting with bicortical anchorage (sinus lift). The applied methodology was Three-Dimensional Finite Element Analysis. The software InVesalius (CTI, São Paulo, Brazil) was used for reconstruct and modeling the bone tissue and Rhinoceros 3D 4.0 programs (NURBS Modeling for Windows, USA) and SolidWorks 2011 (SolidWorksCorp, USA) were used in the final modeling. Each model consisted of a bone block, with the insertion of an implant of Morse taper of 4.00 x 10 mm (Conexão Sistema de Prótese, Ltda, São Paulo, Brazil) and received a cemented metal-ceramic crown. The models were processed in finite element software FEMAP v.10.2 (Siemens ProductLifecycle Management Software Inc.USA) to generate the mesh, constraints and loads, and post-processing analysis. The applied load was 178N at 0°, 30° and 60° degrees in relation to implant long axis. The results were seen by von Mises stress maps for the implant components and crown, and maximum principal stress maps to the bone tissue. The results obtained with the von Mises stress maps showed that the models (A, B and C) have a similar pattern of stress distribution. As increase of angle load, greater stress concentrations...en
dc.description.abstractA literatura tem sugerido a utilização de implantes cone Morse em regiões estéticas, visto que apresentam elevados índices de preservação de tecidos ao redor da região peri-implantar ao longo dos anos iniciais de acompanhamento. Além disso, técnicas cirúrgicas de expansão óssea representam possibilidades de colocação de implantes nesta área, apesar de estudos biomecânicos sobre o tema ainda serem escassos. Assim, este estudo teve como objetivo analisar o efeito biomecânico de próteses implantossuportadas utilizando implantes tipo cone Morse instalados em região de maxila anterior, variando-se o grau de ancoragem no tecido ósseo: a) colocação convencional, aquém da cortical óssea; b) bicorticalização c) levantamento do assoalho sinusal com a bicorticalização (sinus lift). Foi utilizada a metodologia de elementos finitos tridimensionais. O programa InVesalius (CTI, São Paulo, Brasil) foi utilizado para a modelagem do tecido ósseo e os programas Rhinoceros 3D 4.0 (NURBS Modeling for Windows, USA) e o SolidWorks 2011 (SolidWorksCorp, USA) para a modelagem final dos três modelos tridimensionais. Cada modelo foi constituído de um bloco ósseo, com a inserção de um implante cone Morse de 4,00 x 10 mm (Conexão Sistema de Prótese, Ltda, São Paulo, Brasil) que receberam uma coroa metalocerâmica cimentada. Os modelos foram processados no programa de elementos finitos FEMAP v.10.2 (Siemens ProductLifecycle Management Software Inc.USA) onde foram geradas as malhas, restrições e aplicações de força, além da análise de pós-processamento. O carregamento aplicado foi de 178N, em ângulo de 0º, 30º e 60º em relação ao longo eixo do implante. Os resultados foram visualizados por meio de mapas de tensão de von Mises para o implante, componentes e coroa, e Tensão Máxima Principal para o tecido ósseo. Os resultados...pt
dc.format.extent34 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectImplantes dentáriospt
dc.subjectMétodo dos elementos finitospt
dc.subjectOssospt
dc.subjectDental implantspt
dc.titleInfluência dos tipos de ancoragem óssea na distribuição de tensões em implantes cone morse em maxila anterior: estudo pelo método dos elementos finitos 3-Dpt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Odontologia, Araçatubapt
dc.identifier.aleph000866576
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2017-01-27/000866576.pdf
unesp.undergraduateOdontologia - FOApt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record