Show simple item record

dc.contributor.advisorPaschoarelli, Luis Carlos [UNESP]
dc.contributor.advisorSilva, José Carlos Plácido da [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Danilo Corrêa [UNESP]
dc.date.accessioned2017-04-25T17:14:40Z
dc.date.available2017-04-25T17:14:40Z
dc.date.issued2017-02-23
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/150393
dc.description.abstractA manipulação de objetos é uma atividade primordial no desenvolvimento tecnológico da humanidade. A grande maioria das atividades humanas envolvem a manipulação de produtos, tanto as ocupacionais quanto as Atividades da Vida Diária (AVDs). Um dos principais aspectos relacionados ao design dos produtos de uso manual é a pressão de contato entre a mão e a interface utilizada. O objetivo desse estudo foi investigar a distribuição de pressão em diferentes modelos de interfaces manuais, verificando como os diferentes designs a influenciam. Foram investigados aspectos subjetivos, relacionados à percepção de agradabilidade e desconforto, por meio da Escala Visual Analógica (VAS) e também o esforço percebido, por meio da Escala CR10 de Borg. Esse estudo contou com três etapas experimentais, a primeira se refere a uma análise com dois modelos de aros de propulsão para cadeiras de rodas, na qual os sujeitos (n=31) percorreram um trajeto plano. A segunda etapa contou com a análise de três modelos de tesouras de poda, na qual os sujeitos (n=31) realizaram três cortes consecutivos em espetos de madeira. Por fim, a terceira etapa correspondeu à análise de dois modelos de embalagens plásticas para bebidas refrigerantes, na qual os sujeitos (n=30) realizaram tentativas de abertura dessas embalagens. Para avaliar os níveis e a distribuição de pressão foi utilizado o sistema Grip® VersatekTM Wireless, do fabricante Tekscan Inc. acoplado em um par de luvas de tecido. Todas as atividades simuladas foram definidas para se aproximar de situações reais de uso e foram previamente aprovadas por um Comitê de Ética em Pesquisa. Os dados coletados foram tratados estatisticamente com o auxílio de softwares de tabulação de dados e de análises estatísticas. Os resultados apontaram que o design da interface é um fator determinante na distribuição de pressão de contato na superfície da mão. As variáveis relativas à percepção das atividades demonstraram coerência com a distribuição de pressão, complementando as avaliações das interfaces em questão. No entanto, os dados coletados não apontaram correlações entre as variáveis objetivas e subjetivas em número suficiente de regiões da mão para se admitir associações entre as mesmas. O presente estudo corrobora e acrescenta informações relevantes a outros já realizados, bem como abre caminho para que novas e mais completas investigações referentes às interfaces manuais sejam desenvolvidas.pt
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectDesignpt
dc.subjectErgonomiapt
dc.subjectInterfaces manuaispt
dc.subjectDistribuição de pressãopt
dc.titleO design de interfaces manuais e a distribuição de pressão na face palmar da mão humana: uma contribuição para a ergonomia e o design de produtopt
dc.title.alternativeThe design of hand interfaces and the pressure distribution on the palmar face of the human hand: a contribution to ergonomics and the product designen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdFAPESP: 13/24629-5
unesp.graduateProgramDesign - FAACpt
unesp.knowledgeAreaDesenho de produtopt
unesp.researchAreaErgonomiapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design, Baurupt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000884568
dc.identifier.capes33004056082P0
dc.identifier.lattes8521603444193259
unesp.advisor.lattes8521603444193259
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record