Show simple item record

dc.contributor.advisorMassini-Cagliari, Gladis [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Carlos Elisio Nascimento da [UNESP]
dc.date.accessioned2017-07-26T16:51:57Z
dc.date.available2017-07-26T16:51:57Z
dc.date.issued2017-05-26
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/151198
dc.description.abstractEsta pesquisa tem como objetivo analisar o que ocorre em relação ao ritmo do inglês americano quando um aprendiz brasileiro de inglês como segunda língua lê enunciados nesse idioma. Para tanto, a duração é isolada e medida. Para saber como a duração afeta o ritmo, uma gravação de um falante nativo de Inglês Americano é analisada, com as orações provenientes desse áudio sendo divididas em pés rítmicos dentro do modelo proposto por Abercrombie (1965). A partir daí, cada sílaba é medida e as sílabas átonas são comparadas proporcionalmente em relação ao contraste de duração com as sílabas tônicas do mesmo pé. O mesmo então é feito com três gravações em ambientes distintos de cinco informantes brasileiros aprendizes de Inglês. O resultado desta pesquisa mostra que é possível comparar as sílabas dessa maneira, deixando evidente como as sílabas átonas se comportam em relação às sílabas tônicas sem a interferência da velocidade de fala. Além disso, a pesquisa também apresenta um modelo de estudo que pode ser empregado por professores de Inglês com o intuito de se investigar o desenvolvimento da pronúncia de seus alunos.pt
dc.description.abstractThis research aims at analyzing how English rhythm behaves when a Brazilian learning English as Second Language reads sentences in English. In order to do this, duration is isolated and measured. To understand how duration affects rhythm, a recording from an English native speaker is analyzed, dividing the sentences from this recording in rhythmic feet following the feet model proposed by Abercrombie (1965). From this, each syllable is measured and unstressed syllables are compared proportionally in relation to stressed syllables from the same foot. The same is done with three recordings in different environments from five informers, who are Brazilian students learning English as a Second Language. The result from this research shows that comparing syllable through this method is possible, highlighting how unstressed syllables behave in relation to stressed syllables without interference from speech tempo. Also, this research presents a study model which can be employed by English teachers wishing to investigate their students’ pronunciation development.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectProsódiapt
dc.subjectFonologiapt
dc.subjectEnsino de inglêspt
dc.subjectPés fonéticospt
dc.subjectDuração da sílabapt
dc.subjectProsodyen
dc.subjectPhonologyen
dc.subjectEnglish teachingen
dc.subjectPhonetic feeten
dc.subjectSyllable durationen
dc.titleQuestões de ritmo no ensino de inglês para aprendizes brasileiros: estudo da duraçãopt
dc.title.alternativeRhythm questions on English teaching to Brazilian students: a duration studyen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLinguística e Língua Portuguesa - FCLAR
unesp.knowledgeAreaLinguística e Língua Portuguesa
unesp.researchAreaAnálise Fonológica, Morfossintática, Semântica e Pragmática
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara
unesp.embargo24 meses após a data da defesa
dc.identifier.aleph000889502
dc.identifier.capes33004030009P4
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record