Show simple item record

dc.contributor.advisorGuerrini, Iraê Amaral [UNESP]
dc.contributor.advisorFurtado, Edson Luiz [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Thiago Tassio de Sousa [UNESP]
dc.date.accessioned2017-08-23T18:23:37Z
dc.date.available2017-08-23T18:23:37Z
dc.date.issued2016-08-05
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/151370
dc.description.abstractO setor florestal é um dos que mais contribui em termos sociais, econômicos e ambientais para o Brasil. Dentro deste setor, a eucaliptocultura pode ser apontada como a mais importante do segmento, com o plantio que representa 5,56 milhões de hectares. A primeira etapa do processo de implantação de florestas de eucaliptos é a produção de mudas, que no Brasil é feita por meio da clonagem, garantindo qualidade das mudas plantada no viveiro Porém, um dos principais desafios em viveiros, é o controle de patógenos, entre eles, Oidium eucalypti Rostrup., que apresenta maior incidência e se destaca devido à severidade e danos causados, e também à variedade de espécies e híbridos de eucalipto que são suscetíveis a doença. Pressupõe a hipótese que a utilização do fosfito e silício diminui o nível de severidade de bacteriose, e mantém a uniformidade da qualidade de mudas em viveiros florestais. Portanto, para testar estas hipóteses, objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da aplicação de produtos contendo fosfito e silício no controle de bacteriose, e na qualidade de mudas de Eucalyptus urograndis em um viveiro comercial. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições e dez tratamentos (Zincazot, Fitofos-Cu, Fitofos-K, Fitofos-Zn-Mn, Silamol, Amorux, Fitofos-Cu + Terra sorb, Fitofos-K + Terra sorb, Fitofos-Zn-Mn + Terra sorb, e testemunha), sendo cada repetição uma bandeja com 176 mudas incluindo a testemunha, a qual não recebeu aplicação. As aplicações foram realizadas via foliar, iniciando-se sete dias antes da coleta das minicepas no mini jardim clonal até os 120 dias de idade das mudas. Os resultados foram comparados pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Conclui-se que a aplicação de produtos contendo fosfito e silício não reduziu a severidade da bacteriose causada por Xanthonomas sp. em mudas de Eucalyptus urograndis a nível de viveiro. Não houve efeito significativo dos tratamentos nos padrões de qualidade avaliados. Aos 120 dias de idade foi observado, exceto na testemunha, que os demais tratamentos tiveram uma taxa de sobrevivência das mudas adequada, podendo constatar o efeito positivo dos tratamentos nessa variável que é de grande importância econômica em um viveiro de produção mudas. São necessários estudos mais aprofundados com esses elementos em viveiros, um estudo em ambiente totalmente controlado e com a inoculação de um patógeno especifico seria uma alternativa de estudo para maior compreensão do efeito dos fosfitos e silício na produção de mudas.pt
dc.description.abstractThis study aimed to verify the effect of the application of phosphite and silicon as compounds of plant health and quality clonal seedlings of Eucalyptus hybrid urophylla x Eucalyptus grandis in a commercial nursery. The study consisted of ten treatments, being the same Zincazot, Fitofós-Cu-K Fitofós, Fitofós-Zn-Mn, Silamol, Amorux, Cu + Fitofós earth-sorb, K + Fitofós-earth sorb, Fitofos- Zn-Mn + Terra Sorb, plus the control treatment. The applications were made via foliar once a week from seven days before planting the ministumps 120 days old seedlings. Each treatment consisted of four trays com176 seedlings, each tray a repeat. The results will be compared with the second evaluation values, which was held to 120 after cutting the ministumps. Still they are obtained the results of quality seedlings (IQD), blight severity.Several studies have shown the effects of mineral nutrition on growth and productivity, with emphasis on the role of nutrients in the plant metabolism. Phosphites have been used on agricultural crops, including forest crops, due to the numerous particular advantages of the product as the relative low cost of the raw material, improving the nutritional status of plants and effects on disease control. Thus, that paper also promoted a study about bacteriosis , that according to the authors is a kind of sickness that has one great in young eucalyptus plants in nursery phase.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectFosfitopt
dc.subjectEucaliptopt
dc.subjectBacteriosept
dc.subjectQualidade de mudaspt
dc.subjectSeveridadept
dc.subjectPhosphiteen
dc.subjectEucalyptusen
dc.subjectBacteriosisen
dc.titleFitossanidade e qualidade de mudas de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis função da aplicação de fosfito e silíciopt
dc.title.alternativePlant health and seedlings quality Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis of phosphite and silicon applicationen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdCNPq: 130258/2014-8
unesp.graduateProgramCiência Florestal - FCApt
unesp.knowledgeAreaCiência florestalpt
unesp.researchAreaSilvicultura e Genética Florestalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000890899
dc.identifier.capes33004064082P6
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record