Show simple item record

dc.contributor.advisorValêncio, Carlos Roberto [UNESP]
dc.contributor.authorCaetano, André Francisco Morielo [UNESP]
dc.date.accessioned2017-08-23T19:42:08Z
dc.date.available2017-08-23T19:42:08Z
dc.date.issued2017-08-10
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/151383
dc.description.abstractSistemas de gerenciamento de banco de dados, na sua essência, almejam garantir o armazenamento confiável da informação. Também é tarefa de um sistema de gerenciamento de banco de dados oferecer agilidade no acesso às informações. Nesse contexto, é de grande interesse considerar alguns fenômenos recentes: a progressiva geração de conteúdo não-estruturado, como imagens e vídeo, o decorrente aumento do volume de dados em formato digital nas mais diversas mídias e o grande número de requisições por parte de usuários cada vez mais exigentes. Esses fenômenos fazem parte de uma nova realidade, denominada Big Data, que impõe aos projetistas de bancos de dados um aumento nos requisitos de flexibilidade, escalabilidade, resiliência e velocidade dos seus sistemas. Para suportar dados não-estruturados foi preciso se desprender de algumas limitações dos bancos de dados convencionais e definir novas arquiteturas de armazenamento. Essas arquiteturas definem padrões para gerenciamento dos dados, mas um sistema de armazenamento deve ter suas especificidades ajustadas em cada nível de implementação. Em termos de escalabilidade, por exemplo, cabe a escolha entre sistemas com algum tipo de centralização ou totalmente descentralizados. Por outro lado, em termos de resiliência, algumas soluções utilizam um esquema de replicação para preservar a integridade dos dados por meio de cópias, enquanto outras técnicas visam a otimização do volume de dados armazenados. Por fim, ao mesmo tempo que são desenvolvidas novas tecnologias de rede e disco, pode-se pensar na utilização de caching para otimizar o acesso ao que está armazenado. Este trabalho explora e analisa os diferentes níveis no desenvolvimento de sistemas de armazenamento distribuído. O objetivo deste trabalho é apresentar uma arquitetura que combina diferentes técnicas de resiliência. A contribuição científica deste trabalho é, além de uma sugestão totalmente descentralizada de alocação dos dados, o uso de uma estrutura de cache de acesso nesse ambiente, com algoritmos adaptáveis.pt
dc.description.abstractDatabase management systems, in essence, aim to ensure the reliable storage of information. It is also the task of a database management system to provide agility in accessing information. In this context, it is of great interest to consider some recent phenomena: the progressive generation of unstructured content such as images and video, the consequent increase in the volume of data in digital format in the most diverse media and the large number of requests by users increasingly demanding. These phenomena are part of a new reality, named Big Data, that imposes on database designers an increase in the flexibility, scalability, resiliency, and speed requirements of their systems. To support unstructured data, it was necessary to get rid of some limitations of conventional databases and define new storage architectures. These architectures define standards for data management, but a storage system must have its specificities adjusted at each level of implementation. In terms of scalability, for example, it is up to the choice between systems with some type of centralization or totally decentralized. On the other hand, in terms of resiliency, some solutions utilize a replication scheme to preserve the integrity of the data through copies, while other techniques are aimed at optimizing the volume of stored data. Finally, at the same time that new network and disk technologies are being developed, one might think of using caching to optimize access to what is stored. This work explores and analyzes the different levels in the development of distributed storage systems. This work objective is to present an architecture that combines different resilience techniques. The scientific contribution of this work is, in addition to a totally decentralized suggestion of data allocation, the use of an access cache structure with adaptive algorithms in this environment.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectBig dataen
dc.subjectArmazenamentopt
dc.subjectSistemas distribuídospt
dc.subjectPeer-to-peeren
dc.subjectDados não-estruturadospt
dc.subjectArmazenamento de objetospt
dc.subjectStorageen
dc.subjectDistributed systemsen
dc.subjectUnstructured dataen
dc.subjectObject storageen
dc.titleGriddler: uma estratégia configurável para armazenamento distribuído de objetos peer-to-peer que combina replicação e erasure coding com sistema de cachept
dc.title.alternativeGriddler: a configurable strategy for distributed peer-to-peer object storage combining replication and erasure coding with a cache systemen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiência da Computação - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaOutrapt
unesp.researchAreaEngenharia de Software e Banco de Dadospt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000890789
dc.identifier.capes33004153073P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record