Show simple item record

dc.contributor.advisorSoares, Ana Cristina Nassif [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Angélica Gomes da [UNESP]
dc.date.accessioned2017-08-25T14:03:11Z
dc.date.available2017-08-25T14:03:11Z
dc.date.issued2017-03-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/151402
dc.description.abstractA pesquisa “Quando a devolução acontece nos processos de adoção: um estudo a partir das narrativas de assistentes sociais no Tribunal de Justiça de Minas Gerais” busca aprofundar a intervenção profissional de assistentes sociais no judiciário mineiro, na área do direito à convivência familiar, nos processos de adoção, particularmente diante das motivações ou decisão dos pretendentes para devolução da criança e do adolescente, consequentemente do rompimento de vínculos. Este buscou um aprofundamento teórico da trajetória sócio-histórica dos direitos sociais na área da infância e juventude, sua estreita relação com a origem do Serviço Social no país, a partir da década de 30 e a legitimação do assistente social como perito social, profissional importante para as decisões judiciais neste contexto. A pesquisa qualitativa se propõe a realizar uma análise crítica, construída através da pesquisa narrativa como possibilidade para apreensão das vivências dos sujeitos diante de experiências concretas, relacionadas ao objeto. Participam desta pesquisa de campo, cinco assistentes sociais que atuam em comarcas nas regiões sul e do triângulo do Estado de Minas Gerais, as quais registraram, por meio de textos narrativos, suas experiências com devolução em processos de adoção. Em um segundo momento, foram realizadas entrevistas semiestruturadas, as quais permitiram conhecer a compreensão das profissionais acerca de conceitos importantes que compõem este estudo. As questões subjetivas trazidas pelas famílias adotivas, diante dos conflitos vividos na experiência de se tornarem família, pais e filhos, inserem-se neste trabalho como expressão importante na intervenção profissional. Contudo, diante da relação que o tema ocupou na história da profissão, identificada ao conservadorismo, apresentamos um aprofundamento do tema, buscando relacioná-lo como elemento possível à intervenção crítica, numa perspectiva de totalidade. As histórias narradas e as entrevistas confirmaram que questões subjetivas estão presentes como elemento fundamental no trabalho dos assistentes sociais nos processos de adoção nas Varas da Infância e Juventude e seu conhecimento pressupõe estudos interdisciplinares.pt
dc.description.abstractThe research "When the devolution takes place in the adoption processes: a study from the narratives of social workers in the Court of Justice of Minas Gerais" seeks to deepen the professional intervention of social workers in the mining judiciary, in the area of the right to family life, in the Adoption processes, particularly in the face of the motivations or decision of the suitors for the return of the child and the adolescent, consequently of the rupture of bonds. This research sought a theoretical deepening of the socio-historical trajectory of social rights in the area of childhood and youth, its close relationship with the origin of Social Service in the country, from the 30's and the legitimation of the social worker as an important professional social expert Judicial decisions in this context. Qualitative research proposes to perform a critical analysis, built through narrative research as a possibility to apprehend the subjects' experiences in the face of concrete experiences related to the object. Five of the social workers who work in the southern regions and in the triangle of the State of Minas Gerais participate in this field survey, which, through narrative texts, recorded their experiences with devolution in adoption processes. Secondly, semi-structured interviews were carried out, which allowed us to understand the professionals' understanding of important concepts that make up this study. The subjective issues brought by adoptive families, faced with the conflicts experienced in the experience of becoming family, parents and children, are inserted in this work as an important expression in professional intervention. However, given the relationship that the theme occupied in the history of the profession, identified with conservatism, we present a deepening of the theme, seeking to relate it as a possible element to critical intervention, in a perspective of totality. The narrated stories and interviews confirmed that subjective issues are present as a fundamental element in the work of social workers in the adoption processes in the Sticks of Youth and Childhood and their knowledge presupposes interdisciplinary studies.en
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectAdoçãopt
dc.subjectDevoluçãopt
dc.subjectServiço Socialpt
dc.subjectSubjetividadept
dc.subjectAdoptionen
dc.subjectDevolutionen
dc.subjectSocial Serviceen
dc.subjectSubjectivityen
dc.titleQuando a devolução acontece nos processos de adoção: um estudo a partir das narrativas de assistentes sociais no Tribunal de Justiça de Minas Geraispt
dc.title.alternativeWhen the devolution happens in the processes of adotion: a study from the narratives of social workers in the Court of Justice of Minas Geraisen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramServiço Social - FCHS
unesp.knowledgeAreaTrabalho e Sociedade
unesp.researchAreaNão consta
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Franca
unesp.embargoOnline
dc.identifier.aleph000890951
dc.identifier.capes33004072067P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record