Show simple item record

dc.contributor.advisorLovatto, Angélica [UNESP]
dc.contributor.authorBelli, Rodrigo Bischoff [UNESP]
dc.date.accessioned2017-09-28T13:55:59Z
dc.date.available2017-09-28T13:55:59Z
dc.date.issued2017-08-31
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/151727
dc.description.abstractNas discussões sobre as diversas manifestações do pós-modernismo, existe uma formulação crítica que merece atenção: a de que existiria a aproximação entre o pensamento pós-modernista e o fascista. Esta pesquisa pretende, então, avaliar o alcance dessa crítica, apresentando a tese de que realmente existe uma conexão entre fascismo e pós-modernismo, se consideradas enquanto expressões ideológicas. O objetivo implicado é o de traçar o processo de constituição e permanência do irracionalismo, algo promovido pela predominância das formas de sociabilidade norteadas pela reprodução do capital. Estas forjam um padrão ideológico de viés irracionalista, que recusa a avaliação crítica das experiências anteriores ao favorecerem uma conduta apologética sobre si.pt
dc.description.abstractIn the discussions about various manifestations of postmodernism, there is a critical formulation that deserves attention: there would be a rapprochement between postmodernist and fascist thinkings. This research intends to evaluate the scope of this criticism, suggesting the hypothesis that really there is a connection between fascism and postmodernism, if considered as ideological expressions. This connection would be due to the transformation of the cultural broth promoted by the form of sociability guided by the reproduction of capital, forging an ideological pattern of irrationalist bias. Given the hypothesis presented, the main objective of the research is to trace the process of constitution and permanence of irrationalism.pt
dc.description.abstractNelle discussioni sulle varie manifestazioni del postmodernismo, esiste una formulazione critica che merita attenzione: che ci sarebbe un ravvicinamento tra il pensiero postmoderno e il fascista. Questa ricerca intende, quindi, valutare l'ambito di questa critica, presentando la tesi secondo cui esiste veramente una connessione tra il fascismo e il postmodernismo, considerata come espressioni ideologiche. L'obiettivo implicito è quello di tracciare il processo di costituzione e di permanenza dell'irrazionalismo, qualcosa promosso dalla predominanza delle forme di socialità guidate dalla riproduzione del capitale. Questi formano un modello ideologico irrazionalista che rifiuta di valutare criticamente le esperienze precedenti, favorendo il comportamento apologetico su se stessi.pt
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectIrracionalismopt
dc.subjectPós-modernismopt
dc.subjectFascismopt
dc.subjectIdeologiapt
dc.subjectIrrationalismpt
dc.subjectPostmodernismpt
dc.subjectIdeologypt
dc.subjectIrrazionalismopt
dc.titleO irracionalismo como ideologia do capital: análise de suas expressões ideológicas fascista e pós-modernistapt
dc.title.alternativeThe irrationalism as capital's ideology: analisys of your fascist and postmodernist ideologic expressionspt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências sociaispt
unesp.researchAreaDeterminações do Mundo do Trabalhopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000892504
dc.identifier.capes33004110042P8
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record