Show simple item record

dc.contributor.advisorWilcken, Silvia Renata Siciliano
dc.contributor.authorFontana, Lais Fernanda
dc.date.accessioned2017-12-01T11:20:07Z
dc.date.available2017-12-01T11:20:07Z
dc.date.issued2017-10-03
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/152207
dc.description.abstractO tomateiro (Solanum lycopersicon L.) é uma das culturas olerícolas mais expressivas no cenário agrícola brasileiro e mundial, sendo produzido praticamente em todas as regiões geográficas do mundo sob diferentes sistemas e níveis de manejo cultural. A produção desta cultura pode ser reduzida drasticamente pela presença dos nematoides das galhas, principalmente M. incognita e recentemente o M. enterolobii, devido sua alta agressividade e capacidade de contornar genes de resistência a outros nematoides. O controle destes nematoides é bastante complexo e métodos alternativos de manejo, como a utilização de óleos essenciais e extratos aquosos de plantas têm sido estudados. Desta forma, visando disponibilizar alternativas mais sustentáveis e ao mesmo tempo eficientes para o manejo de M. incognita e M. enterolobii, avaliou-se inicialmente a bioatividade de 11 espécies vegetais (Trichilia hirta, Trichilia elegans, Trichilia catigua, Trichilia pallida, Trichilia casaretti, Toona ciliata, Melia azedarach, Mansoa alliacea, Lippia sidoides, Plectranthus neochilus e Trichillia clausenii) nas concentrações de 1, 3 e 5% e avaliados quanto à porcentagem de j2 imóveis. Na concentração de 3%, os tratamentos T. elegans, T. pallida, T. casaretti e T. ciliata apresentaram valor acima de 90% de j2 imóveis, para ambas as espécies dos nematoides, alcançando 100% de imobilidade na concentração de 5%, indicando forte efeito nematostático dos extratos. A partir destes resultados, foi calculada a concentração do extrato necessária para reduzir em 50% (CL50) e 90% (CL90) a mobilidade dos nematoides. Foi observado, que os melhores tratamentos (T. elegans, T. pallida, T. casaretti, T. ciliata e T. catigua) apresentaram CL50 de 2.70 g L-1 e 2.82 g L-1 para M. incognita e M. enterolobii, respectivamente. Em seguida, em casa de vegetação, as formulações brutas das plantas com maior potencial (T. casaretti, T. pallida, T. ciliata, T. catigua e T. elegans) foram incorporadas ao solo de forma protetora e curativa, na dosagem da CL50 obtida anteriormente, e avaliados na supressão dos dois nematoides na cultura do tomate. A aplicação das formulações nos dois momentos reduziu significativamente o número de nematoides e o número de ovos por massa de ovos das duas espécies avaliadas, apresentando resultados similares ou superiores que o nematicida a base de Carbofuran. O tratamento T. elegans, apresentou os resultados mais promissores, possibilitando no tratamento protetor, fator de reprodução (FR) de 0,90 e 3,37 para M. enterolobii e M. incognita, valor muito abaixo da testemunha (água) de 23,65 e 24,77, respectivamente. O efeito das formulações brutas dos tratamentos sobre a supressão da população dos nematoides foi testado aos 15, 30, 45, 60 e 75 dias após a aplicação dos tratamentos. Todos os tratamentos reduziram a população dos nematoides, no entanto, após os 60 dias sua eficácia diminuiu e a população dos nematoides passou a aumentar. Desta forma, a incorporação ao solo das formulações brutas dos tratamentos pode ser considerada nas estratégias de manejo sustentável do M. incognita e M. enterolobii na cultura do tomate.pt
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectExtratos botânicospt
dc.subjectmanejo alternativopt
dc.subjectnematoide das galhaspt
dc.subjectSolanum lycopersiconpt
dc.titleEfeitos de derivados botânicos sobre Meloidogyne incognita e Meloidogyne enterolobiipt
dc.title.alternativeEffects of botanical derivatives on Meloidogyne incognita e Meloidogyne enterolobiipt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia (Proteção de Plantas) - FCApt
unesp.knowledgeAreaOutrapt
unesp.researchAreaNematologiapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000894743
dc.identifier.capes33004064034P1
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record