Show simple item record

dc.contributor.advisorNoll, Maria Stela Maioli Castilho [UNESP]
dc.contributor.authorStephan, Ligia Roma [UNESP]
dc.date.accessioned2017-12-04T14:10:00Z
dc.date.available2017-12-04T14:10:00Z
dc.date.issued2017-10-20
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/152217
dc.description.abstractNeste estudo foi avaliada a importância das características limnológicas locais e da predação por peixes na estrutura das comunidades zooplanctônicas, sendo os objetivos e resultados apresentados em dois capítulos distintos: Capítulo 1. Tem por objetivo avaliar a influência dos pulsos de inundação na estrutura funcional e taxonômica das comunidades de microcrustáceos em lagoas marginais. Para atingir o objetivo proposto, foram determinadas a estrutura funcional e taxonômica das assembleias de microcrustáceos coletadas em lagoas marginais ao Rio Turvo em três estações distintas: seca, intermediária e chuvosa. Os resultados encontrados foram comparados entre lagoas e entre estações; também foram comparadas a estrutura das asssembléias das lagoas marginais com amostras de microcrustáceos provenientes de ambientes lênticos com diferentes regimes hidrológicos. Neste estudo também foi avaliado se um período longo de estiagem pode influenciar as dinâmicas sazonais dos microcrustáceos. A estrutura das assembleias dos microcrustáceos com base na classificação funcional e taxonômica apresentaram variações entre lagoas e estações, assim como ambientes aquáticos que não sofrem influência dos pulsos de inundação apresentam uma maior uniformidade funcional. A dinâmica sazonal das assembleias foi afetada pelo período prolongado de estiagem, onde as variações na estrutura das comunidades que existem entre estações foram menos intensas no período de estiagem quando comparado ao ano chuvoso. Os resultados mostram que as características limnológicas das lagoas são influenciadas pelos pulsos de inundação e pelo regime hidrológico, bem como um período prolongado de estiagem é capaz de influenciar a dinâmica sazonal das assembléias de microcrustáceos em lagoas marginais. O estudo também mostra que há uma grande heterogeneidade funcional entre as lagoas, sugerindo que o padrão encontrado para a comunidade zooplanctônica revela mais a importância das características locais associadas ao pulso de inundação do que os efeitos deste sobre a comunidade de toda a planície. Capítulo 2. O segundo capítulo tem por objetivo avaliar se a predação por 6 peixes pode influenciar a estrutura funcional das assembleias de microcrustáceos. A influência da predação sobre a comunidade de microcrustáceos foi avaliada por meio de um experimento de mesocosmo e pela avaliação do conteúdo estomacal dos peixes provenientes das lagoas marginais ao Rio Turvo. A abundância e a estrutura funcional dos microcrustáceos foram influenciadas pela presença dos peixes e das macrófitas aquáticas no experimento, entretanto, para as análises realizadas nas lagoas marginais os resultados mostram que a predação não possui um efeito capaz de influenciar a estrutura das assembleias. Como conclusão, podemos inferir que a presença dos peixes pode ser um fator estruturador das comunidades, mas que em ambientes dinâmicos tais como as lagoas marginais, a influência exercida por alterações nas características locais pode ser um fator mais intenso na estruturação das assembleias de microcrustáceos do que a predação por peixes.pt
dc.description.abstractIn this study, the importance of local characteristics and predation by fish in the zooplankton community structure was evaluated. The objectives and results were separated in two distinct chapters: Chapter 1. Its objective is to evaluate the influence of flood pulses on the functional and taxonomic structure of microcrustacean communities in oxbow lakes. For the proposed objective, the functional and taxonomic structure of the microcrustacean assemblages from oxbow lakes to the Rio Turvo was determined in three seasons: dry, intermediate and rainy. The results were compared between oxbow lakes and between seasons, as well as between samples from environments with different hydrological regimes. In this study, it was also evaluated if a long period of drought can influence the seasonal dynamics of microcrustaceans. The structure of the microcrustacean assemblages based on the functional and taxonomic classification showed variations between oxbow lakes and seasons; a greater functional uniformity was found on the aquatic environments not influenced by the flood pulses. The seasonal dynamics of the assemblages was affected by the prolonged period of drought, where the variations in the structure of communities between seasons were less intense in the drought year when compared to the rainy year. Our results show the influence of flood pulses on limnological characteristics and on the functional and taxonomic assemblages of microcrustaceans in the oxbow lakes; we also observed that a prolonged period of drought is able to influence the seasonal dynamics of microcrustacean assemblages in oxbow lakes. Chapter 2. The second chapter aims to assess the influence of fish predation on the functional structure of microcrustacean assemblages. The influence of fish predation was evaluated through an mesocosm experiment, and through an evaluation of fish stomach contents sampled in the marginal lakes from Turvo River. In the experiment, the abundance and functional structure of the microcrustaceans were influenced by the presence of fish and aquatic macrophytes, however, results from the oxbow lakes show that predation does not have an effect capable to incluence the structure of the microcrustaceans assemblages. As conclusion, fish predation should have a role in the 8 structure of the communities, although in dynamic environments such as oxbow lakes, the influence of the local characteristics may be a more important factor in the structuring of the microcrustacean assemblages then the fish predation.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectEcologia das lagoaspt
dc.subjectLimnologiapt
dc.subjectMacrófitas aquáticaspt
dc.subjectPeixes de água docept
dc.subjectPredaçãopt
dc.subjectOxbow lakesen
dc.subjectLimnologyen
dc.subjectAquatic macrophytesen
dc.subjectFreshwater fishen
dc.subjectPredationen
dc.titleComunidades zooplanctônicas em ambientes lênticos tropicais: influência da predação e das características físicas locaispt
dc.title.alternativeZooplanktonic communities in tropical lentic environments: influence of predation and local physical characteristicsen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramBiologia Animal - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaBiodiversidadept
unesp.researchAreaEcologia e Comportamentopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000894802
dc.identifier.capes33004153072P6
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record