Show simple item record

dc.contributor.advisorMartha, Diana Junkes Bueno
dc.contributor.authorOliveira, Thadyanara Wanessa Martinelli
dc.date.accessioned2017-12-15T11:59:43Z
dc.date.available2017-12-15T11:59:43Z
dc.date.issued2017-02-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/152321
dc.description.abstractSegundo Orlandi (2004), dentro do espaço urbano, no que se referem às mais variadas dimensões como a econômica, a cultural, a histórica, etc, o corpo dos sujeitos e o corpo da cidade formam uma construção única, estando os corpos de ambos atados e o destino de um não se separa do destino do outro. Sob esse aspecto, nas relações poéticas, a discussão sobre a cidade, o sujeito lírico e a modernidade é intrinsecamente ligada, já que o início do que pode ser considerado moderno está relacionado com o crescimento das grandes cidades. Essa relação entre sujeito-cidade mudou as relações sociais e, consequentemente, o fazer e o pensar a arte. Tais relações entre sujeito e cidade se acentuam na contemporaneidade, uma vez que o caos urbano se torna mais acirrado e a sensação de fragmentação dos sujeitos se aprofunda. Com base nesses pressupostos, o objetivo desta pesquisa foi empreender um estudo de quatro poemas de Roberto Piva (1937 – 2010) presentes no livro Paranoia ([1963] 2009): “A piedade”, “Poema Porrada”, “Praça da República dos meus sonhos” e “Visão de São Paulo à noite – Poema antropófago sob narcótico”. Partindo do enfoque do urbano, o intento do trabalho foi estabelecer de que forma se constrói a imagem da cidade de São Paulo nos quatro poemas supracitados. Em relação aos aspectos da modernidade lírica, algumas teorias servirão como base às análises dos poemas, como a de Paz (2012; 2014), cuja obra trata, dentre outros temas, da construção de imagens e ritmos dentro dos textos na modernidade poética, e de Friedrich (1978), que discorre sobre os aspectos negativos da lírica moderna, os quais acreditamos permanecerem na obra de Piva.pt
dc.description.abstractAccording to Orlandi (2004), the body of the individual and the ‘body’ of the city form, within urban space, one sole construction, which encompasses their economic, cultural and historical dimensions. In that sense, both types of bodies and their destinies are reciprocally linked. Since the inception of what may be considered modern is related to the growth of big urban centers, as far as poetic relations are concerned, the discussion about the city, the poetic subject and modernity are intrinsically connected. Such relationship between the self and the city has undoubtedly changed social relations and, consequently, the ways in which art is conceived and made. On the other hand, the self-city relationship has been enhanced in contemporary society due to a more acute perception of urban life as chaotic and of the individual as fragmented. These presuppositions lay the basis for the present thesis. Its objective is to examine four poems by Roberto Piva (1937-2010) published in his book Paranoia ([1963] 2009), namely, “A piedade”, “Poema Porrada”, “Praça da República dos meus sonhos” and “Visão de São Paulo à noite – Poema antropófago sob narcótico”. By focusing on the urban aspect, this thesis intends to show how the aforementioned poems representthe city of São Paulo. The aspects of modern lyricism analyzed in this thesis were examined according to Paz’s (2012; 2014) theoretical work, which concerns, amongst other themes, the composition of images and rhythms in modern lyricism. Other literature includes Friedrich (1978), which considers negative aspects of modern lyricism which we believe remain present in Piva’s work.en
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectRoberto Pivapt
dc.subjectParanoiapt
dc.subjectPoesia Brasileirapt
dc.subjectSurrealismopt
dc.subjectCidadept
dc.subjectBrazilian poetryen
dc.subjectSurrealismen
dc.subjectCityen
dc.titleA cidade delirante de Roberto Piva: análise de quatro poemas de Paranoia (1963)pt
dc.title.alternativeLa ciudad delirante de Roberto Piva: análisis de cuatro poemas de Paranoia (1963)es
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLetras - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaTeoria da literaturapt
unesp.researchAreaPerspectivas Teóricas no Estudo da Literaturapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000895167
dc.identifier.capes33004153015P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record