Show simple item record

dc.contributor.advisorHiruma-Lima, Clélia Akiko [UNESP]
dc.contributor.authorOhara, Rie
dc.date.accessioned2018-04-19T14:07:45Z
dc.date.available2018-04-19T14:07:45Z
dc.date.issued2018-02-28
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/153616
dc.description.abstractA espécie Terminalia catappa L. (Combretaceae) é uma planta conhecida no Brasil como “amendoeira”, “amendoeira da praia” ou “chapéu-de-Sol” e é utilizada popularmente na Ásia para o tratamento de hepatite, diarreia e disenteria. Essa planta medicinal faz parte da Farmacopeia Caribenha para o tratamento de gastrite e infecção urinária. A partir de sua indicação popular, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito antiulcerogênico da infusão das folhas de Terminalia catappa (IFTC) no combate aos efeitos lesivos gástricos promovidos pelo uso do etanol, anti-inflamatório não esteroidal (AINE) e isquemia e reperfusão (I/R) em ratos. Para tanto, foram utilizados modelos experimentais agudos em que os animais receberam diferentes doses de IFTC e depois foram submetidos a indução de lesão por agente deletério (etanol, AINE ou I/R). A avaliação do efeito curativo ocorreu a partir da implantação da lesão gástrica nos animais e posteriormente foi realizado o tratamento pela via oral nos diferentes grupos experimentais por períodos que variaram de 3 à 6 dias consecutivos. Foram analisados os parâmetros macroscópicos como a área de lesão e parâmetros bioquímicos relacionados aos sistemas antioxidantes e anti-inflamatórios (superóxido dismutase, glutationa reduzida, catalase, mieloperoxidase, peroxidação lipídica). Foi possível constatar que o tratamento prévio com IFTC não é capaz de prevenir o surgimento das lesões gástricas induzidas por etanol ou I/R mas é capaz de reduzir as lesões por AINE na dose de 300 mg/kg. Entretanto, o tratamento com IFTC durante 3 dias pós-I/R foi capaz de reduzir significativamente a área de lesão bem como diminuir a atividade da mieloperoxidase. Os resultados apresentados indicam que a atuação da IFTC como antiulcerogênico se dá pela ação anti-inflamatória e não pela atuação dos sistemas antioxidantes.pt
dc.description.abstractThe species Terminalia catappa L. (Combretaceae) is a plant known in Brazil as "amendoeira", "amendoeira da praia" or "chapeu de sol" and is popularly used in Asia for the treatment of hepatitis, diarrhea and dysentery. This medicinal plant is part of the Caribbean Pharmacopoeia for the treatment of gastritis and urinary infection. The objective of this study was to evaluate the antiulcerogenic effect of the infusion of leaves of Terminalia catappa (IFTC) against the gastric lesions promoted by the use of ethanol, non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) and ischemia and reperfusion (I/R) in rats. For this, acute experimental models were used in which the animals received different doses of IFTC and then were subjected to injury induction by etanol, NSAID or I/R. The healing model occurred after implantation of the gastric lesion in the animals and afterwards the oral treatment was carried out in the different experimental groups for periods ranging from 3 to 6 consecutive days of treatment. Macroscopic parameters such as lesion area and biochemical parameters related to antioxidant and anti-inflammatory systems (superoxide dismutase, reduced glutathione, catalase, myeloperoxidase, lipid peroxidation) were analyzed. It was possible to verify that the previous treatment with IFTC is not able to prevent the appearance of the gastric lesions induced by ethanol or I/R but it is able to reduce the lesions by NSAID in the dose of 300 mg/kg. However, treatment with IFTC for 3 days post I/R was able to significantly reduce the area of injury as well as decrease myeloperoxidase activity. The results indicate that the action of the IFTC as antiulcerogenic is due to the anti-inflammatory action and not the performance of the antioxidant systems.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectTerminalia catappapt
dc.subjectefeito cicatrizante gástricopt
dc.subjectisquemia e reperfusãopt
dc.subjectTerminalia catappapt
dc.subjecthealing effecten
dc.subjectischemia and reperfusionen
dc.titleAvaliação do efeito cicatrizante da infusão das folhas de Terminalia catappa L. na lesão gástrica promovida pelo processo de isquemia e reperfusão em ratospt
dc.title.alternativeEvaluation of healing effect of the leaves infusion of Terminalia catappa L. in gastric lesion promoted by ischemia and reperfusionen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramBiologia Geral e Aplicada - IBBpt
unesp.knowledgeAreaBiomoléculas estrutura e funçãopt
unesp.researchAreaEtnofarmacologiapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Botucatupt
unesp.embargo24 meses após a data da defesapt
dc.identifier.aleph000900292
dc.identifier.capes33004064080P3
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record