Show simple item record

dc.contributor.advisorAmbrozin, Alexandre Ricardo Pepe [UNESP]
dc.contributor.authorAlegria, Valdirene Tenório da Costa [UNESP]
dc.date.accessioned2018-07-10T13:12:46Z
dc.date.available2018-07-10T13:12:46Z
dc.date.issued2018-05-28
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/154475
dc.description.abstractO processo de envelhecimento é dinâmico e progressivo, com alterações fisiológicas que podem resultar em alterações na capacidade pulmonar, mobilidade e equilíbrio. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito das variáveis de função pulmonar estática na capacidade de exercício na mobilidade e no equilíbrio de indivíduos acima de 50 anos. E avaliar o efeito da mobilidade e equilíbrio de indivíduos acima de 50 anos na capacidade de exercício. Os indivíduos passaram por anamnese, avaliação da função pulmonar estática por meio da Espirometria, Teste de Esforço Cardiorrespiratório por meio do Incremental Shuttle Walking Test, do Teste de Caminhada de Seis Minutos e do Teste de Escada e para avaliação da mobilidade foram submetidos ao teste Timed Up and Go e avaliados por meio da Escala de Equilíbrio de Berg. Para análise estatística foi utilizado software SigmaStat®, os dados foram apresentados em média±desvio padrão e as variáveis foram correlacionadas por meio do Teste de Correlação de Pearson (p<0,05). A amostra foi composta por 46 indivíduos sendo 37 (80,5%) mulheres e 9 (19,5%) homens, com idade média de 61,02±8,29 anos. Em relação aos resultados de correlação da função pulmonar com os testes de esforço, mobilidade e equilíbrio; os testes de esforço apresentaram correlação com as variáveis espirométricas. Na amostra, os indivíduos com menor tempo no TUG e melhores condições de equilíbrio foram os que apresentaram melhor função pulmonar. Quanto melhor a mobilidade melhor os resultados nos testes de esforço. Conclui-se que a função pulmonar tem efeito sobre a condição e resposta cardiorrespiratória, mobilidade e equilíbrio de indivíduos acima de 50 anos.pt
dc.description.abstractThe aging process is dyn amic and progressive, with physiological changes that can result in pulmonary capacities, mobility and balance alterations. The objective of this study was to evaluate the effect of static pulmonary function variables in the outcome of different tests of f ield effort, mobility and balance of subjects abov e 50 years. And evaluate the effec t of mobility and balance of subjects above 50 years in the result of three different effort tests. The subjects went through anamnesis, assessment of static lung function through Spiro metry, Cardiorespiratory Test through Incre mental Shuttle Walking Test, Six - Minute Walk Test and Stairs Test and to assess mobility they were submitted to the Timed Up and Go test and evaluated through the Berg Balance S cale. For statistical a nalysis SigmaStat ® software was used, the data are presented as average ± standard deviation and the variables were correlated through the Pearson Correlation Test (p <0.05). The sample consisted of 46 individuals, 37 (80.5%) women and 9 (19.5%) men, with a mean age of 61.02 ± 8.29 years. Regarding the results of correlation of pulm onary function with the effort tests mobility and balance; stress tests were correlated with spirometric var iables. In this sample, the individuals with the shortest TUG time in and the best balance conditions were the ones with the best pulmonary funct ion. When mobility improve results stress tests also improve. It is concluded that pulmonary function has an effect on the condition and cardiorespiratory response, mobility and b alance of individuals over 50 years.en
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectEnvelhecimentopt
dc.subjectFunção pulmonarpt
dc.subjectMobilidadept
dc.subjectEquilíbriopt
dc.subjectAgingen
dc.subjectPulmonary functionen
dc.subjectMobilityen
dc.subjectBalanceen
dc.titleEfeito das variáveis de função pulmonar estática na condição e resposta cardiorrespiratória ao exercício, mobilidade e equilíbrio de sujeitos com mais de 50 anospt
dc.title.alternativeEffect of static pulmonary function variables in the condition and cardiorrespiratory response to the exercise, mobility and balance of subjects with over 50 yearsen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramDesenvolvimento Humano e Tecnologias - IBRCpt
unesp.knowledgeAreaTecnologias nas dinâmicas corporaispt
unesp.researchAreaNão constapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Rio Claropt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000905780
dc.identifier.capes33004137066P5
unesp.advisor.lattes2948832919013162
unesp.advisor.orcid0000-0002-1807-1953
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record