Show simple item record

dc.contributor.advisorRothberg, Danilo [UNESP]
dc.contributor.authorAfonso, Paola Ramos [UNESP]
dc.date.accessioned2018-09-19T17:26:56Z
dc.date.available2018-09-19T17:26:56Z
dc.date.issued2017-03-08
dc.identifier.citationAFONSO, Paola Ramos. Narrativas dos direitos da deficiência em campanhas de comunicação. 2017. 171 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Comunicação Social-Relações Públicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2017.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/156318
dc.description.abstractPublic communication by governments, including publicity campaigns, is one of the factors that can contribute to the performance of public policies to meet the rights of people with disabilities. This project characterized the symbolic representations conveyed by publicity campaigns to raise awareness of the rights of people with disabilities, in order to point out qualities and opportunities to improve public communication. Videos produced by the public power were analyzed from categories of actions and meanings, in order to understand the possible cultural interpretations generated in symbolic scope. The results indicate that the videos are mostly characterized by meeting the requirements of a democratic public communication, which brings adequate representations of the disability, but opportunities to expand the scope of information were noted. The right to information is a key issue in public communication, and videos, while disseminating key data, do not deepen the focus on ways of accessing the rights of people with disabilitiesen
dc.description.abstractA comunicação pública realizada por governos, incluindo campanhas publicitárias, é um dos fatores que podem contribuir para o desempenho das políticas públicas de atendimento aos direitos da pessoa com deficiência. Este projeto caracterizou as representações simbólicas veiculadas por campanhas publicitárias de conscientização de direitos das pessoas com deficiência, de forma a apontar qualidades e oportunidades de aperfeiçoamento da comunicação pública. Foram analisados vídeos produzidos pelo poder público a partir de categorias de ações e significados, a fim de compreender as possíveis interpretações culturais geradas em âmbito simbólico. Os resultados indicam que os vídeos se caracterizam, em sua maioria, por atender aos requisitos de uma comunicação pública democrática, que traz representações adequadas da deficiência, mas foram notadas oportunidades para ampliar o escopo de informações. O direito à informação é questão chave na comunicação pública, e os vídeos, embora disseminem dados essenciais, não aprofundam o enfoque sobre os meios de acesso aos direitos das pessoas com deficiênciapt
dc.format.extent171 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectDeficientespt
dc.subjectComunicação de massa e publicidadept
dc.subjectCampanhas publicitáriaspt
dc.subjectPeople with desabilitiespt
dc.titleNarrativas dos direitos da deficiência em campanhas de comunicaçãopt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Baurupt
dc.identifier.aleph000895776
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2018-02-26/000895776.pdf
unesp.undergraduateComunicação Social - FAACpt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record