Show simple item record

dc.contributor.advisorRomero, Swanni Tatiana Alvarado [UNESP]
dc.contributor.authorConciani, Dhemerson [UNESP]
dc.date.accessioned2018-09-19T17:27:59Z
dc.date.available2018-09-19T17:27:59Z
dc.date.issued2017
dc.identifier.citationCONCIANI, Dhemerson. Ocorrência de fogo no cerrado: uma abordagem de longo prazo usando sensoriamento remoto. 2017. 40 f. Trabalho de conclusão de curso (Ecologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro), 2017.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/156603
dc.description.abstractCerrado savanna is the most diverse tropical savanna in the world and its vegetation can be shaped by fire. Human activities can modify the fire frequency and other of its attributes, changing the natural regime. We aim: i) to reconstruct the history of fire occurrence between 1985 and 2016 on the Ecological Station of Itirapina (EEcl); the Experimental Station (EEI) and a buffer area of seven kilometers around the protected areas, and, ii) to analyze the relation between the temporal and spatial variation of fire and rainfall. We determined the length of the fire season using the MODIS active fire product (MOD14) for the period between 2004-2014. We reconstructed the fire regime by visual interpretation and manual delimitation of burn scars of false color composites of Landsat images from the TM (1985-2011), ETM + (2012-2015) and OLI (2016) sensor, with a spatial resolution of 30m and a temporal resolution of 16 days. Considering the areas that burned at least once during the 32 years, we identified 1,087 ha of burned area in the EEcl (40.61% of its total area), 17,852 ha in the buffer (42.16% of its total area) and, 269 ha in the EEI (8.58% of its total area). The EEcl and the buffer area were the most affected zones by fire during the studied period. When fire was absent during long intervals of time, we observed the occurrence of biggest fires on the EEcl. We observed on the buffer a fire regime characterized by a low interannual variation which is strictly shaped by farming activities, affecting directly the EEcl and the EEI. Contrary to what was expected, we could not establish a strong correlation between the annual burned area and rainfall (R² <0.10, p ≥ 0.05), suggesting a high anthropic influence on fire occurrence. Since fire on the EEcl was mainly determined by anthropic activities in its buffer zone, we suggest the implementation of fire management measures to maintain biodiversity and the conservation of the different...en
dc.description.abstractO Cerrado é a Savana tropical mais diversa do globo e a dinâmica da sua vegetação apresenta estreita relação natural com o fogo. As atividades humanas modificam a frequência e outros atributos dessas queimas, alterando seu regime natural. O objetivo deste trabalho foi: i) reconstruir o histórico de queimas no período 1985- 2016 na Estação Ecológica de Itirapina (EEcl), Estação Experimental (EEI) e seu entorno, e, ii) analisar a relação entre a variação temporal e espacial de queimas com a precipitação. A estação de queimas foi definida com o produto de focos de calor do sensor MODIS-MOD14 para o período de 2004-2014. A reconstrução do regime de queimas se deu através da delimitação manual de cicatrizes de queima com imagens dos sensores TM (1985-2011), ETM+ (2012-2015) e OLI (2016) da série Landsat com resolução espacial de 30m e temporal de 16 dias. Considerando as áreas que queimaram pelo menos uma vez ao longo dos 32 anos, foram identificados 1.087 ha de área queimada na EEcl (40,61% de sua área total), 17.852 ha no Buffer (42,16% de sua área total) e, 269 ha na EEI (8,58% de sua área total). A EEcl e o entorno foram os locais mais atingidos por queimas no período. Quando o fogo esteve ausente em longos intervalos de tempo observamos a ocorrência de maior área queimada na EEcl. O entorno apresentou regime de queimas com baixa variação interanual e estritamente moldadas pelas atividades agropecuárias afetando diretamente a EEcl e a EEI. Ao contrario do esperado, a precipitação não foi um fator determinante da variação temporal de área anual queimada (R² < 0.10, p ≥ 0.05) indicando alta influência antrópica. Uma vez que as queimas na EEcl são determinadas pelas atividades em sua zona de amortecimento, a gestão do fogo se faz necessária na EEcl como uma importante ferramenta de manejo para manutenção da biodiversidade e a conservação de todas as fisionomiaspt
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
dc.description.sponsorshipSecretaria do Meio Ambiente do Instituto Florestal (SMA/IF)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent40 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectEcologia vegetalpt
dc.subjectFogo e ecologiapt
dc.subjectQueimadapt
dc.subjectChuvaspt
dc.subjectPrecipitação (Meteorologia)pt
dc.subjectCerradospt
dc.subjectEcologia humanapt
dc.subjectBiodiversidade - Conservaçãopt
dc.subjectSensoriamento remotopt
dc.subjectItirapina (SP)pt
dc.titleOcorrência de fogo no cerrado: uma abordagem de longo prazo usando sensoriamento remotopt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdCNPq: 138789/2015-0
dc.description.sponsorshipIdSecretaria do Meio Ambiente do Instituto Florestal (SMA/IF): 13813/2006
dc.description.sponsorshipIdFAPESP: 2014/12728-1
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000900193
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2018-05-22/000900193.pdf
unesp.undergraduateEcologia - IBRCpt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record