Show simple item record

dc.contributor.advisorNabeiro, Marli [UNESP]
dc.contributor.authorNascimento, Karen Keiko Nichimoto Souza [UNESP]
dc.date.accessioned2018-09-19T17:28:32Z
dc.date.available2018-09-19T17:28:32Z
dc.date.issued2017-12-20
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Karen Keiko Nichimoto Souza. O taiko para pessoas com deficiência visual. 2017. 50 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Educação Física) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências, 2017.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/156742
dc.description.abstractThe taiko is the Japanese percussion and in Brazil it is spread all over the country having decent non Japanese descent practitioners, however there is a lack of knowledge about taiko in general, there are studies that compile the history of the taiko, the benefits or harms that this practice bringing power and so on. In addition, it is an age-old art that has become practical among people who do not have disabilities, there are few cities that have groups composed of people with disabilities and if it is part of it there are no studies, research that focuses on them. From this lack of data on the topic of taiko and specifically people with visual impairment came the present work with the questioning of: how would this ancient art be learned by people with visual impairment (PVI)? because, in addition to having few studies on taiko, the topic of taiko involving PVI is scarcer. For this reason, the objective of this work was to provide the learning of taiko for a PVI. The methodology was characterized as a qualitative and descriptive research, in the form of a case study. Thus, it describes the characteristics and relations of the reality in which it was researched (MATTOS; ROSSETTO JÚNIOR; BLECHER, 2008)... (Complete abstract electronic access below)en
dc.description.abstractO taiko é a percussão japonesa e no Brasil está disseminada por todo o país tendo praticantes descentes de japonese ou não, porém há falta de conhecimento acerca do taiko em geral, faltam estudos que compilem a história do mesmo, os benefícios ou malefícios que esta prática poder trazer entre outras coisas. Além disso, é uma arte milenar que se tornou prática entre as pessoas que não possuem deficiências, são poucas as cidades que possuem grupos compostos por pessoas com deficiência e se o mesmo faz parte não há estudos, pesquisas que os enfoquem nesse meio. A partir dessa falta de dados envolvendo a temática do taiko e especificamente pessoas com deficiência visual surge o presente trabalho com o questionamento de: como essa arte milenar seria aprendida por pessoas com deficiência visual (PDV)? Pois, além de se ter poucos estudos sobre o taiko, a temática do taiko envolvendo PDV é escasso. Por esse motivo o objetivo deste trabalho consistiu em oportunizar o aprendizado do taiko para uma PDV. A metodologia caracterizou-se como uma pesquisa qualitativa e descritiva, na forma de um estudo de caso. Sendo assim, descreve as características e relações da realidade em que foi pesquisada (MATTOS; ROSSETTO JÚNIOR, BLECHER, 2008)... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)pt
dc.format.extent50 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectDistúrbios da visãopt
dc.subjectArte japonesapt
dc.subjectTamborpt
dc.subjectInstrumentos de percussãopt
dc.subjectEducação fisicapt
dc.subjectDrumpt
dc.titleO taiko para pessoas com deficiência visualpt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, Baurupt
dc.identifier.aleph000901929
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2018-06-19/000901929.pdf
unesp.undergraduateEducação Física - FCpt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record