Show simple item record

dc.contributor.advisorDias, Laércio Fidelis [UNESP]
dc.contributor.authorRodrigues, Mariana [UNESP]
dc.date.accessioned2018-10-31T17:17:30Z
dc.date.available2018-10-31T17:17:30Z
dc.date.issued2018-10-04
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/157472
dc.description.abstractEsta dissertação de mestrado tem por objetivo geral desdobrar como deu-se a consolidação da imagem das pin-ups estadunidenses como produto nacional de alcance mundial e a maneira como alcançaram a representatividade das mulheres ao encará-las como um ideal a se seguir. Ao interrogarmos como essas mulheres se fizeram tão presentes no imaginário dos anos de 1930 a 1950 trataremos de sua entrada nos meios de comunicação - que não se restringiriam as revistas - e acabariam por tomar o mercado e os meios de comunicação de modo geral a partir das ilustrações de Gillete Elvgren, George Petty e Alberto Vargas. Assim através do estudo de teóricos, tais como Maria Elena Buszek, se buscará compreender como uma massificação da imagem das garotas pin-ups, cada vez mais padronizada foi inserida na indústria de consumo e amparada também pela indústria em época de guerra, sobretudo com a Segunda Guerra Mundial. Elas conduziriam o que se viria a se esperar das mulheres em meio à guerra: se tornarem fortes e serem autênticas nacionalistas, construindo assim um valor patriótico a partir da imagem feminina inserida e unificada como símbolo do patriotismo e da liberdade do povo estadunidense. Somando-se a este objetivo, será mapeada a atuação destas mulheres na implantação de uma cultura nacional estadunidense e no processo de transformação da intimidade e percepção com o corpo, que se deu principalmente durante o ápice dos Anos Dourados, que abarca os anos de 1940 e 1950, período que marcou também a transição de velhas técnicas de propagandas para uma nova realidade fomentada pelo consumo cultural. Outro ponto a ser cotejado é se a utilização dessas mulheres nas propagandas foi feita a partir unicamente das medidas estipuladas pelo governo para melhorar a imagem do país, tendo em conta o vasto horizonte alcançando no imaginário de um sociedade consumista.pt
dc.description.abstractThis master's thesis has as general objective to unfold as the consolidation of the image of the US pin-ups as a national product of world-wide reach and the way in which the representativeness of the women was given when facing them like an ideal to be followed . When we questioned how these women became so present in the imagery of the 1930s and 1950s, we will consider their entry into the media - which would not be restricted to magazines - and would eventually take the market and the media in general from the Gillete Elvgren, George Petty and Alberto Vargas. So through the study of theorists, such as Maria Elena Buszek, will seek to understand how a massification of the image of pin-ups girls, increasingly standardized. Inserted in the consumer industry and also supported by wartime industry, especially with World War II, they would lead what was to be expected of women in the midst of the war: to become strong and to be authentic nationalists, thus building a value patriotic from the feminine image inserted and unified as a symbol of the patriotism and freedom of the American people. In addition to this objective, the role of these women in the implantation of an American national culture and in the process of transformation of intimacy and perception with the body will be mapped, mainly during the peak of the Golden Years, which covers the years 1940 and 1950, a period that also marked the transition from old advertising techniques to a new reality fostered by cultural consumption. Another point to be checked is whether the use of these women in advertisements was made solely from the measures stipulated by the government to improve the country's image, taking into account the vast horizon reaching in the imaginary of a consumer society.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectEstados Unidospt
dc.subjectPin-upsen
dc.subjectCultura de mídiapt
dc.subjectGarotas cheesecakept
dc.subjectIdade do ouropt
dc.subjectUnited Statesen
dc.subjectMedia cultureen
dc.subjectCheesecake girlsen
dc.subjectGolden ageen
dc.titleGirls better than cheesecake: as garotas pin-ups e sua influência na construção de uma cultura nacional estadunidense no século XXpt
dc.title.alternativeGirls better than cheesecake: pin-ups girls and their influence on building an american national culture in the twentieth centuryen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências sociaispt
unesp.researchAreaCultura, identidade e memóriapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000909552
dc.identifier.capes33004110042P8
dc.identifier.lattes7483481515016805
unesp.advisor.lattes7483481515016805
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record