Show simple item record

dc.contributor.advisorPrado, Renato de Mello [UNESP]
dc.contributor.advisorGratão, Priscila Lupino
dc.contributor.authorFelisberto, Guilherme
dc.date.accessioned2018-11-12T17:03:26Z
dc.date.available2018-11-12T17:03:26Z
dc.date.issued2018-10-05
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/157511
dc.description.abstractA deficiência de zinco (Zn) leva ao estresse oxidativo, causando prejuízos na produção e qualidade do produto colhido em diversas espécies de plantas cultivadas. O silício (Si) por sua vez é um elemento conhecido por mitigar diversos tipos de estresses, podendo ser uma importante ferramenta na mitigação da deficiência de Zn. Contudo, não há relatos na literatura sobre sua eficácia na mitigação da deficiência do micronutriente em nível de produção, nem se há diferenças entre fornecê-lo via solução nutritiva (radicular) ou via aplicação foliar. Possivelmente em função de que a adoção da aplicação foliar de Si ainda é pequena, justamente por apresentar problemas com a polimerização do Si da calda. Isso se dá possivelmente em função da utilização de concentrações, pH e misturas inadequadas. Para tentar minimizar esses problemas, novas fontes de Si têm sido desenvolvidas, mas pouco se sabe sobre seu comportamento e sua eficácia em relação ao silicato de potássio, considerado fonte padrão nos estudos com Si. Nesse sentido foram realizados dois estudos, sendo o primeiro para avaliar o comportamento e a eficácia de fontes de Si (silicato de potássio, nanosílica, silicato de sódio e potássio estabilizado e ácido silícico estabilizado) e concentrações (0; 0,5; 1,0; 1,5 g L-1 de Si) no crescimento e produção de grãos de soja e de arroz; e o segundo para avaliar o efeito do Si aplicado via foliar ou radicular (via solução nutritiva) na mitigação da deficiência de Zn em soja e em arroz. No primeiro estudo foi obervado que as fontes foram eficientes no fornecimento de Si. Na maioria das variáveis estudadas o silicato de sódio e potássio estabilizado se equiparou ou foi superior o silicato de potássio. A concentração de aproximadamente 1 g L-1 de Si apresentou melhor desempenho para a maioria das variáveis analisadas. No segundo estudo foi observado que o Si fornecido via radicular mitigou a deficiência de Zn da soja por ter diminuído os teores de malondialdeído e mantendo a produção de grãos a níveis semelhantes das plantas sem deficiência. O arroz não teve a deficiência de Zn mitigada pelo Si, embora a atividade da enzima superóxido dismutase tenha aumentado com o fornecimento radicular do elemento benéfico. Contudo independentemente se em condição de suficiência ou deficiência de Zn a aplicação radicular ou foliar de Si, promoveu ganhos na produção em relação à não aplicação de Si. Por fim acredita-se as novas fontes apresentem potencial em fornecer Si eficientemente às plantas sendo uma alternativa ao uso do silicato de potássio e que tanto a aplicação foliar como radicular promova ganhos consideráveis na soja e no arroz, seja sob deficiência de Zn ou não.pt
dc.description.abstractZinc (Zn) deficiency leads to oxidative stress, causing losses in yield and quality of the product harvested in several species of cultivated plants. Silicon (Si) is an element known to mitigate several types of stress, and can be an important tool in the mitigation of Zn deficiency. However, there are no reports in the literature about its effectiveness in mitigating Zn deficiency at yield level, nor whether there are differences between providing it via root or leaf. The adoption of the foliar application of Si is still poor due to problems with the Si polymerization in the solution, much as a result of the inadequate concentrations use, pH and mixtures. Recently new sources of Si have been developed but little is known about their behavior and their efficacy compared to potassium silicate, considered a standard source in studies with Si. In this sense, two studies were carried out. The first one to evaluate behavior and efficacy of Si sources (potassium silicate, nanosilica, stabilized sodium and potassium silicate and stabilized silicic acid) and concentrations (0, 0.5, 1.0, 1.5 g L -1 of Si) in the growth and production of soybeans and rice; and the second to evaluate the effect of Si applied by foliar or root in the mitigation of Zn deficiency in soybean and rice. In the first study, it was observed that the sources were efficient in the supply of Si. In most of the variables studied, the stabilized sodium and potassium silicate was equal or superior to the potassium silicate. The concentration of approximately 1 g L-1 of Si presented better performance for most of the analyzed variables. In the second study it was observed that Si provided by the root mitigated the Zn deficiency of soybean by reducing the MDA levels and maintaining grain production at similar levels of plants without deficiency. Rice did not have the Zn deficiency mitigated by Si, although SOD activity increased with root supply of the beneficial element. However independently if in Zn sufficiency or deficiency condition, the root or leaf application of Si promoted production gains in relation to the non-application of Si. Finally, it is believed that the new sources have potential to provide Si efficiently to plants, being an alternative to the use of potassium silicate and that both foliar and root application promote considerable gains in soybean and rice, whether under Zn deficiency or not.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectstabilized silicic aciden
dc.subjectoxidative stressen
dc.subjectSi sourcesen
dc.subjectÁcido silícico estabilizadopt
dc.subjectEstresse oxidativopt
dc.subjectFontes de Sipt
dc.subjectNanosílicapt
dc.subjectSi foliaren
dc.subjectSilicatos estabilizadospt
dc.subjectNanosilicen
dc.subjectStabilized licatesen
dc.titleSilício na mitigação de estresse por deficiência de zinco em plantas de arroz e sojapt
dc.title.alternativeSilicon on mitigation of zinc deficiency stress in rice and soybean plantspt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia (Produção Vegetal) - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaProdução vegetalpt
unesp.researchAreaNutrição e adubação de plantas.pt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000909917
dc.identifier.capes33004102001P4
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record