Show simple item record

dc.contributor.advisorLima, Vanda Moreira Machado [UNESP]
dc.contributor.authorValentim, Gustavo Antonio [UNESP]
dc.date.accessioned2018-11-21T18:15:08Z
dc.date.available2018-11-21T18:15:08Z
dc.date.issued2018-09-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/158314
dc.description.abstractEsta dissertação tem como problemática a ser elucidada: quais permanências e mudanças existem entre a Escola de Tempo Integral (ETI) e o Programa Ensino Integral (PEI) da SEE/SP? Para tanto, o objetivo desta pesquisa foi analisar o projeto Escola de Tempo Integral (ETI) e o Programa Ensino Integral (PEI) da SEE/SP a partir de seus documentos oficiais a fim de refletir sobre suas permanências e mudanças. A partir disto buscamos: Compreender o que é educação integral e educação de tempo integral a partir da concepção de alguns autores; resgatar a maneira como esta temática foi materializada na trajetória da escola pública brasileira e paulista; identificar como a temática é abordada em algumas das legislações educacionais brasileiras em vigência e analisar os documentos legais referentes ao projeto Escola de Tempo Integral (ETI) e o Programa Ensino Integral (PEI). Baseados no procedimento metodológico da análise documental desenvolvido por Cellard (2010), analisamos 14 documentos referentes a ETI e 20 ao PEI. Elaboramos algumas categorias para análise: desenho da política, jornada, organização curricular, atribuição de aulas, regime de trabalho, avaliação e gestão. Identificamos permanências nas categorias em relação à jornada, com um período de aproximadamente 8h30mim no ensino fundamental. Na avaliação, na qual, os conteúdos relacionados com a base comum curricular são priorizados em detrimento da parte diversificada. E na organização curricular, uma vez que, o currículo da ETI é organizado a partir da ampliação do modelo já existente, já no PEI, a organização foi elaborada de maneira mais articulada, entretanto, em ambas as propostas curriculares, é possível enxergar um direcionamento para uma formação tecnicista, com foco nos conteúdos das avaliações externas. As categorias apresentaram mudanças no tocante ao desenho da política, que na ETI é destinada prioritariamente para áreas com baixo IDH, já no PEI não há este pré-requisito, sua implementação está condicionada a escolha da escola. Na atribuição de aulas, que na ETI é diferente para os docentes das disciplinas da base comum curricular e da parte diversificada, no PEI, os profissionais são contratados a partir de um processo seletivo único e específico para o programa. Na gestão, que no PEI segue um modelo desenvolvido para a gestão empresarial que foi transplantado para estas escolas. E no regime de trabalho, uma vez que, no PEI, os professores atuam com dedicação exclusiva e recebem uma gratificação salarial de 75%, entretanto, sua permanência no programa depende do processo de avaliação anual. Apesar de terem sido implementadas pelo mesmo governo, constatamos que ETI e PEI são políticas educacionais bem diferentes, uma vez que, o período, o contexto e os sujeitos envolvidos em sua elaboração e execução são distintos.pt
dc.description.abstractThis dissertation has the following research problem to be elucidated: what are the permanencies and changes existed between the Full-time School (ETI) and the Integral Education Program (PEI) of the SEE/SP? To answer this question, the research aimed to analyze the project of the Full-time School (ETI) and the Integral Education Program (PEI) of the SEE/SP from its official documents in order to reflect on their permanencies and changes. From this, we seek to understand what integral education and full-time education is according to the conception of some authors; to rescue how this theme was materialized in the trajectory of the Brazilian and São Paulo public school; to identify how the subject is addressed in some of the current Brazilian educational legislation and to analyze the legal documents related to the project of the Full-time School (ETI) and the Integral Education Program (PEI). Based on the methodological procedure of document analysis developed by Cellard (2010), we analyzed 14 documents referring to the ETI and 20 to the PEI. We elaborated some categories for analysis: policy design, school day, curricular organization, assignment of classes, employment regime, evaluation and management. We identified permanencies in the categories regarding the school day, with the duration of approximately 8 hours and 30 minutes in elementary school. In the evaluation, in which the contents related to the common curricular base are prioritized to the detriment of more diversified activities. And in the curricular organization, since the ETI curriculum is organized from the expansion of the already existing model, while the PEI organization was elaborated in a more articulated way, however, in both curricular proposals, it is possible to observe a technical training as target, focusing on the contents of external evaluations. The categories revealed changes regarding the design of the policy, the ETI is intended primarily to assist areas with a low HDI, while the PEI does not have such prerequisite, its implementation is conditional on the choice of the school. In the assignment of classes, in the ETI it is different for the teachers who work with the common curricular base subjects and with the diversified area, whereas in the PEI, the professionals are hired after a single and specific selection process for the program. In management, which the PEI follows a model developed for business management that was transferred to these schools. And in the employment regime, since teachers work under an exclusive dedication service and receive a 75% salary bonus in the PEI, however, their permanence in the program depends on an annual evaluation process. Although the ETI and PEI have been implemented by the same government, we found that they consist of very different educational policies, since the period, the context and the subjects involved in their elaboration and execution vary.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectPrograma Ensino Integralpt
dc.subjectEducação em tempo integralpt
dc.subjectEscola de tempo integralpt
dc.subjectAnálise documentalpt
dc.subjectSecretaria da Educação do Estado de São Paulopt
dc.subjectFull-time Educationen
dc.subjectFull-time Schoolen
dc.subjectIntegral Education Programen
dc.subjectDocument analysisen
dc.subjectSecretary of Education of São Paulo Stateen
dc.titlePrograma Ensino Integral e Escola de Tempo Integral no Estado de São Paulo: permanências e mudançaspt
dc.title.alternativeIntegral Education Program and Full-time School in the São Paulo State: permanencies and changesen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação - FCTpt
unesp.knowledgeAreaEducaçãopt
unesp.researchAreaFormação dos Profissionais da Educação, Políticas Educativas e Escola Públicapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudentept
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000910159
dc.identifier.capes33004129044P6
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record