Show simple item record

dc.contributor.advisorNogueira, Fábio Silveira [UNESP]
dc.contributor.authorRojas, Carlos Barrera
dc.date.accessioned2019-03-22T20:12:59Z
dc.date.available2019-03-22T20:12:59Z
dc.date.issued2019-02-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/181164
dc.description.abstractO sistema radicular (SR) é importante pela ancoragem e obtenção de água e nutrientes. Em eudicotiledôneas, como Arabidopsis, o crescimento da raiz primária (RP) é afetado por fitormônios, especialmente pelo balanço entre auxina que controla a divisão celular, e citocinina que modula a diferenciação celular; também, os microRNAs (miRNAs), um sub-conjunto de pequenos RNAs que regulam pós-transcricionalmente seus alvos, regulam o crescimento da RP. O microRNA156 (miR156) e seus alvos, membros da família SQUAMOSA Promoter-Binding Protein-Like (SPL), constituem uma via genética que regula vários processos do desenvolvimento, incluindo desenvolvimento da raíz; porém, durante o crescimento da RP, não foi observado o efeito da via miR156/SPL, e da interação com auxina e citocinina; assim, foi avaliada essa interação durante o crescimento da PR regulado pelo tamanho do meristema da raiz (TMR) em Arabidopsis. Usando ferramentas genéticas e moleculares foi analizada a expressão de genes MIR156 e SPLs, o comprimento da RP, o TMR, as taxas de divisão celular, e as respostas de auxina e citocinina durante o crescimento da RP. Os genes MIR156 e SPLs possuem padrões de expressão opostos. Níveis altos do miR156 (nas plântulas p35S :: MIR156A), leva a menor comprimento da RP, TMR reduzido, menores taxas de divisão celular, respostas mais baixas e altas à auxina e citocinina respectivamente; em contraste, níveis severamente reduzidos do miR156 maduro disponível (nas plantas MIM156) conducem a efeitos opostos. Des-regulação da SPL10 (em plantas com a versão resistente ao miR156, rSPL10) promove crecimento da RP, maior TMR, maior expressão do gene CYCLINB1, redução da resposta à citocinina, avaliada pela expressão de ARR1, e dos genes repórteres nTCS::GFP e pARR5::GUS,do que Col-0. Os nossos dados sugerem que a des-regulação da SPL10 incrementa o TMR pelo aumento nas taxas de divisão celular e, consequentemente, aumentando o comprimento da RP, pela redução das respostas à citocinina em Arabidopsis.pt
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.language.isoeng
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectArabidopsis thalianapt
dc.subjectSistema radicularpt
dc.subjectRaíz primariapt
dc.subjectFitohormôniospt
dc.subjectMiRNASpt
dc.subjectmiR156pt
dc.subjectSPLpt
dc.subjectArabidopsisen
dc.subjectRoot systemen
dc.subjectPrimary rooten
dc.subjectPhytohormonesen
dc.subjectMiRNASpt
dc.subjectmiR156en
dc.subjectSPLen
dc.titleThe role of the microRNA156/SPL pathway during the primary root growth of Arabidopsis thalianaen
dc.title.alternativeThe role of the microRNA156/SPL pathway during the primary root growth of Arabidopsis thalianaen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso restrito
dc.description.sponsorshipIdCNPq 140605/2015-0
unesp.graduateProgramCiências Biológicas (Genética) - IBBpt
unesp.knowledgeAreaGenéticapt
unesp.researchAreaGENÉTICA E BIOLOGIA MOLECULAR VEGETALpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Botucatupt
unesp.embargo24 meses após a data da defesapt
dc.identifier.aleph000914077
dc.identifier.capes33004064026P9
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record