Show simple item record

dc.contributor.advisorZuanon, Angela Cristina Cilense [UNESP]
dc.contributor.authorMendes, Ana Carolina Bosco [UNESP]
dc.date.accessioned2019-04-22T18:49:48Z
dc.date.available2019-04-22T18:49:48Z
dc.date.issued2019-03-20
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/181642
dc.description.abstractO cimento de ionômero de vidro (CIV) é um material amplamente utilizado na odontopediatria uma vez que possui, entre outras características, capacidade de liberação de íons flúor. Sua associação aos vidros bioativos (VB) pode favorecer ainda mais a remineralização da lesão de cárie, porém, pouco se sabe sobre a sua influência nas propriedades físicas, mecânicas e microbiológicas do material. O objetivo deste estudo foi avaliar a associação de um CIV convencional com VB 45S5 ou F18 em duas diferentes porcentagens (5 e 10%) em relação a porosidade (n=10) por meio da avaliação do número e área ocupada por poros, a microdureza Vickers (n=10), utilizando microdurômetro digital, a rugosidade superficial (n=10), com auxílio de rugosímetro, a resistência à compressão (n=10) medida em máquina de ensaios mecânicos (EMIC) e a atividade antibiofilme (n=10), por contagem de unidades formadoras de colônia (UFC) após 1,7, 14 e 21 dias de incubação. Para obtenção de dados de molhabilidade, realizou-se medidas de ângulos de contato (n=4). Análise de superfície em espectroscopia de raios x por dispersão em energia (EDX) (n=1) também foi realizada. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente quanto à normalidade e a homogeneidade. Uma vez que houve aderência à curva normal, foi realizad o teste paramétrico de análise de variância (ANOVA) seguida pelo teste de Tukey. Todos os testes foram realizados com nível de significância de 5%. Pôde-se observar que a adição de 10% de VB 45S5 ou F18 ao CIV convencional aumentou sua rugosidade superficial, a área ocupada pelos poros e diminuiu sua resistência à compressão quando comparado ao grupo controle ou aquele com adição de 5% dos mesmos. Não houve diferença em relação a microdureza. Avaliação microbiológica mostrou diferença aos 14 dias, quando os grupos que receberam adição de VB apresentaram os piores resultados quando comparados ao controle. Pode-se observar que a concentração de 5% não trouxe prejuízos às propriedades estudadas. Assim, este trabalho aponta forte indicativo de que os VB 45S5 ou F18 a 5 % podem ser estudados em busca de melhores resultados clínicos quando se considera outras propriedades dos materiais odontológicos.pt
dc.description.abstractThe glass ionomer cement (GIC) is a widely used material in dentistry. It has, among other features, fluoride ion release capacity. Its association with bioactive glasses (BG) can further promote remineralization of carious lesions. However, their influence on physical, mechanical and microbiological properties of the material needs to be study. Therefore, the aim of this study was to evaluate the association of a conventional GIC to BG 45S5 or F18 in 2 different concentrations (5 or 10%) in relation to porosity (n=10) by means of the evaluation of the pore number and pore area, Vickers microhardness (n=10), using a digital microdurometer, the surface roughness (n=10), using a rugosimeter, compressive strength (n=10) measured in universal testing machine (UTM) and the antibiofilm activity (n=10), for colony forming units (CFU) counts after 1, 7, 14 and 21 days of incubation. To obtain wettability data, measurements of contact angle (n=10) were performed. Surface analysis in energy-dispersive x-ray spectroscopy (EDS) (n=1) were also performed. The data obtained were statistically analyzed for normality and homogeneity. Once the normal curve was adhered, a parametric test of analysis of variance (ANOVA) was performed, followed by the Tukey test. All tests were performed at a significance level of 5%. It was observed that the addition of 10% of BG 45S5 or F18 to the conventional GIC increased its surface roughness, the area occupied by the pores and decreased its compressive strength when compared to the control group or to the one with 5% of BG. There was no difference in microhardness. Microbiological evaluation showed difference at 14 days, when the groups that received addition of BG had the worst results. It can be observed that the concentration of 5% did not bring damages to the studied properties. Thus, this work points strongly to the fact that 5% 45S5 or F18 BG can be studied in search of better clinical results when considering other properties of dental materials.pt
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectCimentos de ionômeros de vidropt
dc.subjectRemineralização dentáriapt
dc.subjectCárie dentáriapt
dc.subjectGlass ionomer cementsen
dc.subjectTooth remineralizationen
dc.subjectDental cariesen
dc.titleAdição de vidros bioativos em cimento de ionômero de vidro: propriedades físicas, mecânicas e microbiológicaspt
dc.title.alternativeAddition of bioactive glasses in a glass ionomer cement: physical, mechanical and microbiological propertiesen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdCAPES 001
unesp.graduateProgramCiências Odontológicas - FOARpt
unesp.knowledgeAreaOdontopediatriapt
unesp.researchAreaEnsaios laboratoriais e clínicos para análise química, física, mecânica e biológica de biomateriais, equipamentos e substâncias utilizadas em odontopediatriapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Odontologia, Araraquarapt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000915392
dc.identifier.capes33004030010P2
unesp.advisor.lattes8672541377335694[1]
unesp.advisor.orcid0000-0003-3131-0805[1]
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record